Nesta quarta-feira (27) foi lançado ao mar o submarino Tonelero. A cerimônia oficial em Itaguaí, no Rio de Janeiro, contou com a participação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do presidente francês, Emmanuel Macron e da primeira-dama Janja Lula da Silva, que batizou a embarcação.

Leia mais:

Vídeo relacionado

Como é o submarino Tonelero

  • O Tonelero, ou S42, possui 71,6 metros de comprimento, 6,2 metros de diâmetro e 15 metros de altura.
  • A embarcação pode levar até 35 pessoas a bordo (ou 1.870 toneladas de carga máxima) e pode navegar sem parar por mais de 70 dias.
  • A capacidade de operação supera os 250 metros de profundidade.
  • O modelo conta com sistema de propulsão elétrica combinada com geradores de energia e quatro motores a diesel.
  • Com velocidade máxima de 37 km/h, o submarino se divide em 17 compartimentos e possui capacidade bélica para lançar torpedos, mísseis e minas (com informações do g1).
Submarino Tonelero
Submarino Tonelero passará por testes de combate e navegação. Imagem: Divulgação/ Marinha do Brasil

O Tonelero é o quarto submarino feito totalmente no Brasil. A embarcação é fruto do Prosub, o Programa de Desenvolvimento de Submarino. A iniciativa avaliada em R$ 40 bilhões foi uma parceria firmada ainda em 2008 entre Brasil e França e deve entregar até 2033 outros quatro submarinos, um deles nuclear.

Nome do submarino é inspirado em uma ação da Marinha Imperial chamada “Passagem de Tonelero”. Imagem: Divulgação/ Marinha do Brasil

Atualmente, a Marinha do Brasil possui uma frota composta pelos submarinos Tupi, de origem alemã, Tikuna, também feito no Brasil, Riachuelo e Humaitá. Os últimos foram os primeiros entregues pelo Prosub em 2022 e janeiro de 2024, respectivamente, ambos também com fabricação nacional.