Ainda sabemos muito pouco sobre o que existe no fundo dos oceanos e as descobertas normalmente revelam seres de aparência estranha. Esse é exatamente o caso da identificação de três novas espécies de pepinos-do-mar. Os animais foram localizados no Mar do Sul da China.

Leia mais

publicidade

Novas espécies de pepinos-do-mar

As descobertas são resultado de cinco expedições científicas realizadas entre 2018 e 2023 utilizando um veículo submersível tripulado. Os pesquisadores chegaram a profundidades entre 1.340 e 3.806 metros, onde cuidadosamente recolheram espécimes de criaturas brancas, amarelas e laranjas de aparência estranha.

Após um trabalho de análise, inclusive de DNA, a equipe concluiu que essas são novas espécies de pepinos-do-mar. Elas foram nomeadas Oneirophanta idsseicaO. brunneannulata e O. lucerna.

publicidade

Com as descobertas mais recentes, o número de tipos de pepinos-do-mar catalogados subiu para seis. Mas a equipe acredita que podem haver ainda mais animais não conhecidos na Zona do Pacífico e que, por isso, mais pesquisas são necessárias para explorar a diversidade e a distribuição deles.

Pesquisadores encontraram as novas espécies no Mar do Sul da China (Imagem: Yunlu Xiao e Haibin Zhang, ZooKeys 2024 (CC BY 4.0)

Número de tentáculos é o diferencial entre os animais

  • Segundo os pesquisadores, os animais têm em comum a presença de tentáculos.
  • Estas estruturas podem ser usados para tudo, desde a locomoção até a alimentação, e inclusive para se prender ao substrato no fundo do mar. 
  • A Oneirophanta idsseica tem entre 40 e 50 pares de tentáculos, enquanto O. brunneannulata tem 37 pares e O. lucerna de 11 a 14 pares em cada lado do corpo.
  • O estudo foi publicado no ZooKeys.
  • As informações são do IFLScience.