Uma grande dor de cabeça da maioria dos usuários de smartphones e de veículos elétricos é o tempo de carregamento. No caso dos dispositivos, a média atual para uma carga completa gira em torno de uma a duas horas. Já entre os EVs, a faixa costuma ser bem maior, algo que a indústria vem tentando melhorar.

Nessa toada, está a Polestar, que afirma ter conseguido atingir tempos de carregamento próximo aos de smartphones com carga ultrarrápida. A fabricante informou que seu protótipo Polestar 5 pode ser carregado de 0% a 80% em apenas dez minutos. Segundo o TechRadar, ele já é um dos veículos elétricos de carregamento mais rápido fora de laboratório.

publicidade

Leia mais:

publicidade
Protótipo Polestar 5 (Imagem: Polestar)

Como a Polestar criou veículo elétrico com carga extremamente rápida

  • Para alcançar o feito, a Polestar firmou parceria com a StoreDot, especialista em baterias;
  • Eles criaram a tecnologia de carregamento extremamente rápido (XFC, na sigla em inglês);
  • O XFC usa células dominantes de silício para obter incríveis velocidades de carga sem efeitos adversos na saúde da bateria;
  • Enquanto o Porsche Taycan, um dos veículos à venda com maior velocidade de carregamento, atinge 320 kW, a Polestar e a StoreDot fizeram o protótipo alcançar velocidades de pico de até 370 kW;
  • Ou seja, com apenas dez minutos de carga, já é possível viajar cerca de 320 quilômetros, ficando próximo – ou até igual – a de veículos com motor a combustão.

Vale lembrar que a “lentidão” das montadoras em trazer a tecnologia de carga rápida já existente em smartphones e outros para os veículos elétricos se dá porque eles ainda estão entendendo com fazer isso com segurança em baterias de carros elétricos, muito maiores e que exigem enorme quantidade de gerenciamento térmico.

A marca frisou ainda que uma das maiores conquistas do Polestar 5 foi ter chegado a velocidades de carregamento consistentes na cada dos 310 kW, com picos de 370 kW.

publicidade

Estas velocidades são superiores a quase todos os pontos de carregamento público disponíveis no mundo, sendo apenas um chega perto: o Terra 360, da ABB, que tem potência de 360 kW. Ou seja, ainda não há carregador público capaz de carregar o Polestar 5 aproveitando sua velocidade máxima de carga.

Dados confirmam que Polestar 5 carrega extramente rápido (Imagem: Polestar)

Com esta nova tecnologia, em viagens mais longas, quando os condutores param, poderão gastar menos tempo carregando e voltar à estrada mais rapidamente do que antes, semelhante ao que eles experimentam hoje com um carro a gasolina.

Thomas Ingenlath, CEO da Polestar