Enquanto os EUA decidem taxar em 100% os carros elétricos vindos da China, e a União Europeia se aproxima do prazo para anunciar sua decisão sobre possíveis tarifas nos EVs chineses, o país asiático prepara sua resposta, podendo taxar em 25% os carros importados que vem dessas regiões.

Leia mais:

Vídeo relacionado

Percebendo que os veículos elétricos chineses tendem a enfrentar cada vez mais barreiras nos mercados da UE e dos Estados Unidos com a imposição de altas tarifas, o governo chinês pensa em uma retaliação, em um momento que a Europa investiga os subsídios chineses para carros elétricos.

A investigação da UE causa temor na China, que vê grande possibilidade do continente europeu seguir a tendência dos EUA e impor novas tarifas sobre seus veículos elétricos. Os preços baixos com que montadoras chinesas tem vendido seus EVs estão frequentemente sendo motivo de preocupação nos países do ocidente, que vendem seus modelos elétricos a valores mais elevados.

publicidade
carro elétrico
Carro elétrico em produção – Imagem: IM Imagery/Shutterstock

Elevação de taxas para carros importados na China teria impacto em receita de montadoras ocidentais

  • A China cobra atualmente uma tarifa de 15% sobre carros de passeio importados.
  • Um possível aumento dessa tarifa para 25% poderia ter um impacto grande nas vendas de montadoras ocidentais dentro do território chinês.
  • Especialistas, contudo, apostam que a ameaça de China de aumentar as tarifas não deverá impedir a União Europeia de seguir o exemplo dos Estados Unidos e anunciar taxas pesadas sobre os veículos elétricos chineses.

A BYD, principal montadora chinesa de carros elétricos, chegou a minimizar a taxação de 100% imposta pelos Estados Unidos, dizendo que seu foco está em comercializar os veículos em outras regiões.

É esperado que a UE anuncie até o início de junho a decisão tomada sobre as tarifas. Até lá, é incerto prever o que poderá ocorrer, mas o momento é de tensões comerciais crescentes entre China, União Europeia e Estados Unidos.

Bandeira da União Europeia em dia ensolarado
União Europeia poderá taxar carros elétricos chineses (Imagem: Shutterstock)