Black Friday 2019

Black Friday

Black Friday teve descontos de 42,59% no e-commerce

Maria Lutfi 29/11/2019 15h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pesquisa foi feita pela BigData Corp., sob encomenda do PayPal Brasil

A Black Friday – sexta-feira que sucede o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos – já entrou, definitivamente, para o calendário do varejo nacional, principalmente em sua versão online, que hoje já conta com mais de 930 mil lojas virtuais.


Ao lado do Dia das Mães e do Natal, já é a data mais atraente para comerciantes e consumidores, segundo a Webshoppers.

E, desde 2015, quando o PayPal passou a publicar sua pesquisa de ofertas no varejo na data, os preços (mesmo com altos e baixos) vêm se tornando muito atraentes. Este ano, o desconto médio foi de 42,59%. Em 2018, esse índice foi de 26,7%; e, em 2017, bateu os 43%.

A exemplo do que já acontecera no ano passado (em que as ofertas mais agressivas bateram os 63%), o atual cenário econômico pode ajudar a explicar o ótimo resultado de 2019.

A pedido do PayPal, pelo quinto ano consecutivo, a Big Data Corp. monitorou o e-commerce em todo o País nas quatro semanas que antecederam a Black Friday, que, este ano, aconteceu no dia 29 de novembro. E os resultados são os seguintes:

Novidades

Segundo o levantamento da BigData Corp., a esmagadora maioria (mais de 70,45%) dos e-commerces brasileiros já havia aderido à febre de promoções online da data comercial mais expressiva da internet quatro semanas antes da Black Friday.

Nesta sexta-feira, entre os grandes e-commerces, com mais de 500 mil acessos por mês, o desconto médio foi de 55,79% na Black Friday. Entre os demais e-commerces, ela chegou a mais de 36,83%.
As ofertas estiveram bem abaixo dos preços normais e representaram oportunidades de descontos praticados pelos e-commerces – e uma possibilidade real para que os consumidores pudessem antecipar algumas compras de Natal. Duas semanas antes da Black Friday, os descontos deste ano bateram em 10,58%% (contra 3,9% no ano passado e 12% em 2017); uma semana antes da data, os descontos avançaram para 22,36% este ano (contra 9,6% em 2018 e 12,3% em 2017).
No top 5 das categorias geradas pela pesquisa da Big Data Corp., os maiores descontos foram para livros, músicas e filmes (61,32%), seguidos por brinquedos (51,32%), eletrônicos (49,78%), roupas e acessórios (33,77%), e cosméticos (21,12%).

Metodologia

A BigData Corp realizou a coleta dos sites para esse estudo a partir de uma base de dados com endereços (URIs). Essa base foi construída por um processo que roda há sete anos e que visita mais de 1,5 bilhão de sites no mundo inteiro. A empresa utiliza o processo de captura de dados da internet extraídos de visitas e mais 24 milhões de sites brasileiros, dos quais são obtidos informações estruturadas e seus links. Os sites são acessados e se faz o download dos documentos HTML. São desconsiderados os sites inativos, ou seja, os que estão fora do ar ou que não respondem a visitas por quatro semanas seguidas. Também são desprezados os que, por oito semanas consecutivas, não fazem qualquer alteração em seu conteúdo. Assim, são considerados neste estudo cerca de 14 milhões de sites no Brasil.

e-commerce Pesquisa PayPal big data black friday 2019 Big Data corp
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você