Chip Tesla

Tesla vai oferecer upgrade gratuito do sistema autônomo de seus carros

Redação Olhar Digital 08/07/2019 10h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Atual computador de bordo com processador da Nvídia será substituido pelo FDS, que já vem em alguns modelos mais novos

O CEO da Tesla, Elon Musk, anunciou que a empresa "provavelmente" começará a instalar seu novo e mais poderoso processador em veículos mais antigos perto do final do ano. Batizado de FSD (Full Self Driving - Direção Totalmente Autônoma), este é o primeiro chip a ser projetado internamente pela Tesla, e segundo a empresa oferece 21 vezes mais desempenho que os chips da Nvidia que vinham sendo usados em seus veículos. O FSD já vem sendo integrado nos modelos S, X e 3 desde antes de ser oficialmente anunciado, mas em breve será oferecido como um upgrade gratuito para meio milhão de proprietários dos Tesla.


O executivo fez grandes promessas sobre o novo chip, alegando que ele terá poder suficiente para eventualmente permitir carros totalmente autônomos. O novo computador de bordo inclui dois desses chips para redundância. Além de ser muito mais poderoso, a empresa diz que a novidade custa 20% menos do que seu hardware anterior, o "HW2 +" da Nvidia, e só consome um pouco mais de energia.

A atualização será oferecida gratuitamente a qualquer proprietário da Tesla que tenha pago o pacote complementar "Full-Self Driving" da empresa, que custa US $ 6.000. Na estimativa de Musk, isso representa cerca de 500.000 carros. A opção atualmente dá acesso ao recurso “Navegar com AutoPilot”, que é capaz de conduzir o carro em rodovias, sugerindo mudanças de pista, navegando trevos e cruzamentos e procurando saídas proativamente. Sem ele, os carros são limitados ao piloto automático regular, que oferece direção automática em rodovias e controle de velocidade.

O nome dado ao pacote, Full-Self Driving, foi controverso. Em outubro do ano passado, a empresa parou de promover a opção, alegando que estava causando “muita confusão” para seus clientes. O recurso está muito longe da funcionalidade de “autonomia total” implícita, e foi alvo de críticas.

Ainda não se sabe a data exata de quando a empresa comerá a fazer as trocas dos computadores de bordo, mas isso provavelmente ocorrerá no final do ano.

Via: The Verge

Chip Carro elétrico carro Inteligência Artificial Carro conectado Carros conectados Tesla carros autônomos
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você