Razer apresenta mouse sem fio sem bateria que usa a energia do mousepad

Mouses sem fio dão maior liberdade de movimentação, mas têm a contrapartida de que precisam de bateria, de modo que, de tempos em tempos, você precisa trocar suas pilhas. A Razer revelou durante a CES uma nova opção para quem não quiser lidar com essa inconveniência: um mousepad que transmite a energia para o mouse sem fios.

A novidade é chamada de HyperFlux, que começará a ser integrada em mouses e mousepads lançados a partir já neste primeiro trimestre de 2018. Para começar, a empresa vai lançar o mouse Mamba HyperFlux.

O mousepad utiliza um campo magnético para transmitir energia para o mouse em tempo real, dispensando o uso de uma bateria interna no periférico, tornando-o mais leve e, consequentemente mais rápido, o que pode ser uma vantagem para o público-alvo da Razer, que são os PC gamers.

Uma preocupação que esse público pode ter é se o mouse não vai desligar automaticamente ao se afastar alguns milímetros ou centímetros do mousepad, o que pode atrapalhar quem joga de forma um pouco mais agressiva. Segundo a Razer, ainda que não tenha bateria, o Mamba possui capacitores internos que permitem armazenar um pouco de energia para que o mouse continue funcionando por até 10 segundos afastado da base.

Também é importante notar que a tecnologia permite que o mouse funcione “eternamente” sem depender de fios ou bateria, mas a base precisa ficar conectada permanentemente a uma fonte de energia para poder transmiti-la para o mouse, então é outra coisa a ser observada para quem tem o interesse na função.

Por fim, é importante notar que a tecnologia está longe de ser acessível. O kit com o mouse e a base custará US$ 250, o que o coloca perto dos R$ 1.000 sem colocar nenhum tipo de imposto na conta. 

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ