24 horas? Cientista mostra duas maneiras de medir um dia na Terra

Duração de um "dia" pode ter diferença de quatro minutos, de acordo com o ponto de referência usado

Rafael Rigues 21/09/2020 09h03
Pôr do sol sobre as estepes do Cazaquistão
A A A

Quanto tempo a Terra leva para completar uma rotação de exatos 360 graus? Se você respondeu "24 horas", tecnicamente está errado. A resposta correta é: 23 horas e 56 minutos. Esse intervalo de tempo é chamado de "dia sideral".


Mas como a Terra se move em sua órbita ao redor do Sol, ela tem que se mover 1 grau a mais para que ele retorne à mesma posição no céu, ou seja, 361 graus. Isso leva 4 minutos a mais, resultando nas "24 horas" com as quais estamos acostumados. É um "dia solar".

É o que mostra a mais nova animação de James O'Donoghue, cientista da Agência Espacial Japonesa (JAXA) conhecido por seus vídeos ilustrando conceitos relacionados ao espaço, que vão da escala do sistema solar à velocidade real da Enterprise, de Star Trek. Em fevereiro, ele chamou a atenção ao eleger o emoji que melhor representa Saturno.

Nós contamos os dias pela medida mais longa, o dia solar. E embora 4 minutos pareçam uma diferença pequena, ela se acumula rapidamente: um ano sideral tem 366 dias, em vez dos 365 do ano solar.

É tudo uma questão de qual corpo celeste usamos como referência para a passagem do tempo. "Decidimos atrelar nosso ritmo diário ao Sol, não às estrelas. De fato, as estrelas surgem no céu quatro minutos mais cedo a cada dia por causa desta nossa escolha", diz O'Donoghue.

Fonte: Science Alert 

Astronomia espaço Sistema Solar astrônomos Ciência&Espaço
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você