Ciência e Espaço

Máquina do tempo

Astrofísico afirma saber como construir uma máquina do tempo

Guilherme Preta, editado por Matheus Luque 06/01/2020 12h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Grande parte da comunidade científica se mostra cética em relação ao sucesso do equipamento

Um astrofísico chamado Ron Mallet acredita que encontrou uma maneira de voltar no tempo. O professor de física da Universidade de Connecticut afirma que escreveu uma equação científica que pode servir de base para uma máquina do tempo real. Mallet chegou a construir um protótipo de um dispositivo de um componente-chave de sua teoria. Apesar disso, o restante da comunidade científica não está convencida de que a máquina do tempo vai se concretizar.


Para entender a máquina é preciso conhecer o básico da teoria da relatividade de Albert Einstein. Segundo o cientista, o tempo acelera e desacelera dependendo da velocidade com que um objeto se move. Com base nisso, se uma pessoa estivesse viajando perto da velocidade da luz no espaço, o tempo passaria mais lentamente para ele do que de alguém que permanece na terra. Porém, embora alguns físicos aceitem que seria possível viajar para o futuro dessa maneira, ir para o passado seria outra questão. Mallet acredita que lasers podem resolver isso.

O astrofísico disse à CNN que sua máquina do tempo depende da teoria geral da relatividade. Segundo ela, objetos massivos dobram o espaço-tempo, um efeito que conhecemos como gravidade, e quanto maior a gravidade, menor o tempo. “Se você pode dobrar o espaço, existe a possibilidade de você torcer o espaço. Na teoria de Einstein, o que chamamos de espaço também envolve tempo, é por isso que se chama espaço-tempo. O que você faz com o espaço, pode ser feito com o tempo também”, afirmou.

Ele acredita que é teoricamente possível transformar o tempo em um loop que permitiria viajar no tempo para o passado. Ele chegou a construir um protótipo mostrando como os lasers podem ajudar a alcançar esse objetivo. “Estudar o tipo de campo gravitacional produzido por um laser anel pode levar a uma nova maneira de olhar para a possibilidade de uma máquina no tempo baseada em um feixe de luz circulante”.

Por mais otimista que Mallet esteja, seus colegas estão céticos quanto ao sucesso de sua teoria. O astrofísico Paul Sutter disse que “existem falhas profundas em sua matemática e em sua teoria, e, portanto, um dispositivo prático parece inatingível”. O próprio autor da teoria admite que sua ideia é apenas isso no momento, uma teoria. E mesmo que sua máquina funcione, reconhece que existiria uma grande limitação que impediria alguém de viajar de volta no tempo e mudar algo no passado.

Via: Futurism

Ciência Laser Linha do tempo futuro einstein viagem passado Ciência&Espaço
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você