Ilustração do Satélite de Pesquisa em Trânsito de Exoplanetas da Nasa (TESS)

Deixe o coronavírus para trás e explore o universo com as viagens virtuais da Nasa

Rafael Rigues, editado por Cesar Schaeffer 06/04/2020 12h58
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Agência espacial dos EUA oferece vários passeios virtuais para que você possa conhecer suas instalações aqui na Terra, em órbita e até mesmo visitar outros sistemas estelares.

Se você quer fugir das notícias sobre a pandemia de Covid-19, vai ter que sair do planeta. Afinal, há casos reportados em 209 países e territórios em todo o mundo, em todos os continentes com exceção da Antártida.


Felizmente, isso ficou um pouco mais fácil com uma ajudinha da Nasa. Não, a agência espacial norte-americana não está oferecendo caronas para a ISS, mas oferece vários passeios virtuais para que você possa conhecer suas instalações aqui na Terra, no espaço e até mesmo alguns planetas e estrelas distantes.

Na Terra

Usando o app Google Expeditions (gratuito para iOS e Android) você pode visitar o Armstrong Flight Research Center (AFRC) dentro da Base Aérea de Edwards, nos EUA. É um dos muitos centros de pesquisa da Nasa onde a organização conduz pesquisa aeronáutica, incluindo o desenvolvimento e testes de novas aeronaves, métodos de controle ou teoria de operação.

O app Go for Flight contém sete cenas em 360 graus que você pode explorar, cada uma com pontos de interesse com vídeos ou imagens mostrando mais detalhes do funcionamento do local. Visite a oficina de reparo de motores, o local onde modelos de aeronaves são construídos, o hangar com aviões (incluindo caças F/A 18) usados em testes e mais.

Outra opção é um passeio pelo centro de controle do Hubble, o telescópio espacial que nos ajudou a fazer tantas descobertas. Em cinco vídeos em 360 graus você poderá conhecer as salas de onde profissionais comandam e monitoram o telescópio e um “mini-museu” contendo componentes e ferramentas que foram usados no espaço.

Reprodução

O telescópio espacial Hubble: 30 anos em órbita e grandes descobertas.

Recomendamos o passeio usando óculos de realidade virtual, ou então o app do YouTube no smartphone. Assim, você poderá mover o ponto de vista simplesmente movendo o telefone ao seu redor.

Já o Langley Research Center (LARC) é um dos centros de pesquisa mais antigos da Nasa, onde foi feito o treinamento dos astronautas para o encontro das espaçonaves do Programa Gemini ou o treinamento para pouso na Lua no Programa Apollo.

Hoje em dia o local abriga vários túneis de vento para o teste de aeronaves e estruturas, além de oficinas para a fabricação de componentes em metal e plástico, e o Centro de Pesquisa Computacional Katharine G. Johnson, usado para modelar e testar virtualmente componentes e aeronaves antes que sejam submetidas a testes em um túnel de vento. Um dos destaques do passeio é o centro de Ciências Atmosféricas (Atmosferic Sciences), onde espaçonaves são limpas e preparadas para o lançamento.

Em órbita

Que tal visitar a Estação Espacial Internacional? Nesta série de vídeos a astronauta norte-americana Sunita Williams te leva em um passeio pelos principais segmentos que compõem a ISS, como os módulos russos Zarya e Zvezda, o módulo europeu Leonardo, a Cupola, com a melhor visão de nosso planeta, e mais.

Reprodução

Foto da ISS feita por um astrônomo amador na Austrália.

Durante a visita ela também explica o funcionamento da ISS, e responde a algumas das principais dúvidas do público sobre sua missão e operação.

Muito além

Que tal conhecer um outro sistema solar? É o que oferece a Nasa’s Exoplanet Excursions, uma experiência em realidade virtual que lhe permite explorar o sistema estelar Trappist-1 e o telescópio responsável por sua descoberta, o Spitzer Space Telescope.

Você vai precisar de óculos de realidade virtual, como o Oculus Rift ou HTC Vive, para ter a experiência completa. Mas mesmo se não tiver um deles, poderá apreciar um passeio com vídeos em 360º no YouTube, no rodapé da página.

Reprodução

Sistema estelar Trappist-1 contém sete exoplanetas similares à Terra.

E se você quiser ir ainda mais além, experimente o Exoplanet Travel Bureau. Você poderá visitar oceanos de lava em 55 Cancri E, os dois sóis de Kepler-16b, a vegetação vermelha de Kepler-186f, a noite eterna de PSOJ318-5.22, a gravidade extrema de “Super Terra” HD40307g e mais. Além da visita, você pode baixar belos pôsteres para decorar sua casa.

Fonte: Travel & Leisure


Nasa espaço espaçonaves Ciência&Espaço
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você