Elon Musk se torna sétima pessoa mais rica do mundo

Bilionário sul-africano possui fortuna estimada em US$ 70,5 bilhões; alta das ações da Tesla fez CEO ganhar posições no ranking

Guilherme Preta, editado por Cesar Schaeffer 13/07/2020 09h00
Elon Musk
A A A

Na última semana, Elon Musk se tornou a sétima pessoa mais rica do mundo, segundo a Bloomberg Billionaires Index. Graças a uma alta de 11% das ações da Tesla, a fortuna do empresário subiu US$ 6,1 bilhões, fazendo-a chegar a um total de US$ 70,5 bilhões. Com o montante, Musk ultrapassou Warren Buffett, da Berkshire Hathaway.


Grande parte do capital do sul-africano está investido em ações da Tesla. Elon Musk possui cerca de um quinto das ações em circulação da montadora. Vale destacar que, apenas em 2020, as ações da empresa subiram 269%. Além disso, Musk possui participação majoritária na SpaceX, rendendo cerca de 15 bilhões de dólares ao empresário.

Outro ponto que contribuiu para que Musk ultrapassasse Buffet foi a recente doação de US$ 2,9 bilhões que o investidor americano fez para a caridade. Atualmente com 89 anos, o investidor doou mais de US$ 37 bilhões em ações da Berkshire Hathaway desde 2006. Além disso, o desempenho da empresa nas bolsas tem ficado abaixo do esperado.

Reprodução

Além de grande alta das ações da Tesla, Musk comemorou lançamento da SpaceX que levou astronautas à Estação Espacial em 2020. Foto: Getty Images

Os dois empresários trocaram algumas farpas nos últimos anos. Waren Buffett afirmou que, embora Musk seja "um cara notável", ele tem "espaço para melhorias" em seu comportamento como um CEO, destacando seus hábitos no Twitter. Por outro lado, em uma entrevista em maio, o CEO da Tesla afirmou que não é o "maior fã" do americano. "Ele está tentando descobrir se a Coca-Cola ou a Pepsi merece mais capital? Quero dizer, é um trabalho chato, se me perguntar", afirmou.

Revelação da Neuralink

O bilionário Elon Musk prometeu que a Neuralink, startup de neurotecnologia que cofundou, revelará, no dia 28 de agosto, atualizações sobre seus projetos. A empresa tem como principal meta desenvolver uma interface cérebro-máquina para viabilizar a interação do ser humano com inteligências artificiais (IA), criando uma verdadeira simbiose entre homem e máquina.

"Se você não pode vencê-los, junte-se a eles", escreveu Musk em seu Twitter, como uma declaração da Neuralink, referindo-se a sua ambição de colocar os seres humanos no mesmo nível das IAs.

Via: Bloomberg

Tesla spaceX elon musk ranking CEO neuralink
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você