Magnetosfera

Escute a 'canção' gerada pelo campo magnético da Terra

Rafael Rigues, editado por Cesar Schaeffer 19/11/2019 10h11
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Sons foram obtidos a partir de dados coletados pelos satélites da missão Cluster durante tempestades solares entre 2001 e 2005

A Agência Espacial Europeia (ESA) acaba de lançar uma gravação das frequências geradas pela interação de partículas emitidas por uma tempestade solar com o campo magnético da Terra. E ela soa como uma curiosa mistura de uma ventania com o chamado de bebês crocodilo.


A gravação foi feita pelos quatro satélites da missão Cluster, que são posicionados dentro da magnetosfera, região do espaço afetada pelo campo magnético de nosso planeta. Ela foi feita combinando dados obtidos durante seis tempestades solares observadas entre 2001 e 2005.

O campo magnético da Terra é nossa principal linha de defesa contra partículas eletricamente carregadas emitidas pelo sol, que poderiam danificar instrumentos em órbita e em solo e até mesmo desabilitar a rede de energia de um país. O sol passa frequentemente por períodos de maior atividade, as “tempestades solares”, onde a emissão de partículas aumenta enormemente.

Em 1859 uma grande tempestade solar conhecida como Evento Carrington queimou linhas de telégrafo nos EUA. O objetivo de missões como a Cluster é monitorar a atividade solar, o que pode tornar possível entender como e porque as tempestades correm e prevê-las com antecedência.

Fonte: Technology Review

Satélites espaço missão espacial Sol Sistema Solar ESA
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você