Hubble registra incrível imagem do verão em Saturno

Mudanças na atmosfera, anéis e duas luas estão bem visíveis nesse clique feito a 1,35 bilhão de quilômetros de distância

Renato Mota 27/07/2020 13h07
Saturno
A A A

Pesquisadores do Goddard Space Flight Center, da Nasa, aproveitaram as lentes do telescópio espacial Hubble para fazer uma foto incrivelmente nítida de Saturno a 1,35 bilhão de quilômetros de distância. A imagem registra o verão no hemisfério norte do planeta, e ajuda cientistas a descobrir novos detalhes sobre o gigante gasoso.


A atmosfera de Saturno é composta principalmente hidrogênio e hélio, com a cor marrom-amarelada fruto de traços de amônia, metano, vapor de água e hidrocarbonetos. Na imagem do Hubble, é possível ver uma neblina avermelhada sobre o hemisfério norte, que os astrônomos acreditam ser causada pelo aquecimento vindo do aumento da luz solar.

"É incrível que, ao longo de alguns anos, estamos vendo mudanças sazonais em Saturno", afirma a pesquisadora da Nasa Amy Simon. O calor do verão pode ter alterado a circulação atmosférica no planeta, ou talvez removido aerossóis gelados da atmosfera. Outra teoria é que o aumento da luz solar está alterando a quantidade de névoa fotoquímica produzida. Por outro lado, o polo sul, agora visível, tem uma tonalidade azul, refletindo as mudanças causadas pelo inverno.

Os anéis concêntricos que são a principal característica do planeta também estão bem definidos na foto. Feitos principalmente de pedaços de gelo, com tamanhos variando de grãos minúsculos a rochas gigantes, acredita-se que os círculos são tão antigos quanto o planeta, com mais de 4 bilhões de anos. Mas uma teoria concorrente sugere que eles podem ter se formado durante a era dos dinossauros.

A foto ainda mostra duas das 82 luas de Saturno: Mimas à direita e Encélado na parte inferior. A imagem faz parte do projeto Legado de Atmosferas de Planetas Externos (Outer Planets Atmospheres Legacy, ou OPAL). Esse estudo ajuda os cientistas a entender a dinâmica atmosférica e a evolução dos planetas gigantes de gás do Sistema Solar. No caso de Saturno, os astrônomos vêm rastreando padrões climáticos e tempestades.

No ano passado, por exemplo, o Hubble registrou a atmosfera turbulenta e dinâmica do planeta, com o fim de uma grande tempestade que era visível na imagem de 2018 e tempestades menores "pipocando" antes de desaparecer rapidamente. As imagens feitas entre janeiro e junho ainda renderam um vídeo que mostra cinco das lus de Saturno circulando o planeta.

Via: Nasa

Astronomia Saturno hubble luas de saturno Ciência&Espaço
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você