Buraco Negro

Nasa encontra elo perdido da evolução de buracos negros

Nina Gattis, editado por Fabiana Rolfini 02/04/2020 16h20
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Massa do objeto espacial é equivalente a mais de 50 mil vezes a do Sol

O telescópio Hubble, da Nasa, encontrou um buraco negro de massa intermediária (IMBH, na sigla em inglês), um dos objetos espaciais mais tímidos do universo. Justamente por ser tão arisco e de difícil identificação, esse tipo de fenômeno era considerado o elo perdido na evolução dos gigantescos supermassivos.


Segundo a Nasa, o IMBH, que estava escondido, deu as caras para os cientistas dentro de um denso aglomerado de estrelas quando consumiu um astro que se aproximou muito dele. "A história da descoberta parece uma história do Sherlock Holmes, com uma investigação meticulosa para encontrar o culpado", comentou a Nasa.

A massa do IMBH é equivalente a mais de 50 mil vezes a do Sol. Portanto, ele é bem maior que buracos negros estelares, mas, ainda assim, menor do que supermassivos, que ficam no centro de galáxias devorando tudo o que os circunda.

A descoberta foi vista pela primeira vez em 2006, mas acreditava-se que se tratava de uma explosão de raios-X causada por uma estrela de nêutrons, nomeada de 3XMM J215022.4-055108.

Contudo, a hipótese de um IMBH nunca foi descartada. Para tirar a prova, os cientistas da Nasa apontaram o Hubble para o ponto certo e esperaram até que uma estrela se aproximasse o suficiente para ser engolida caso fosse um buraco negro de massa intermediária - e agora, você já sabe o que aconteceu.

 

Via: Uol

buraco negro Estrelas Sol Ciência&Espaço
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você