Avião Hipersônico

Novo propulsor hipersônico poderá voar de Londres a Sydney em 4 horas

Rafael Rigues 26/09/2019 10h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

SABRE pode se comportar como um motor a jato na atmosfera ou um foguete no espaço, e chegar a até 25 vezes a velocidade do som

A Agência Espacial Inglesa anunciou um acordo de cooperação com a Agência Espacial Australiana para o desenvolvimento de tecnologias que possam levar à criação de uma “ponte espacial” capaz de ligar Londres a Sydney com um vôo de apenas 4 horas, mais de 5 vezes mais rápido que os vôos atuais, que duram cerca de 22 horas.


O componente crucial para a realização deste sonho é o Synergetic Air-Breathing Rocket Engine (SABRE), um novo tipo de propulsor híbrido que pode se comportar como um motor a jato hipersônico na atmosfera, onde poderia chegar a 3,3 vezes a velocidade do som, ou como um motor a jato quando chegar no espaço, onde poderia alcançar 25 vezes a velocidade do som. Em comparação o Concorde, avião de passageiros mais rápido já criado, voava a no máximo 2,04 vezes a velocidade do som.

O motor está sendo desenvolvido pela Reaction Engines, uma empresa inglesa com sede em Oxford. Atualmente componentes do motor como o precooler, que resfria o ar antes que entre no motor, já foram testados em solo com sucesso.

A tecnologia vem gerando tanto interesse que a Reaction Engines já recebeu investimento de mais de US$ 130 milhões nos últimos quatro anos, o que inclui investimentos de gigantes da indústria aeroespacial como a BAE Systems, Rolls-Royce e Boeing HorizonX.

A expectativa da fabricante é que as primeiras aeronaves equipadas com o SABRE estejam em operação já em 2030.

Fonte: CNN

Aviação transporte avião foguete transporte aéreo
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você