Espaçonave Parker Solar Probe

Sonda da Nasa bate recorde de proximidade ao Sol

Renato Mota, editado por Matheus Luque 29/01/2020 12h01
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A sonda Parker vai passar 'raspando' pelo astro, voando a 'somente' 18,6 milhões de quilômetros de distância da superfície

A sonda solar Parker iniciou sua quarta passagem próxima ao Sol, na manhã desta quarta-feira (29), e passará no periélio (menor distância em relação à estrela) nesta tarde, quando voará a uma distância de 18,6 milhões de quilômetros da superfície do astro.


Com essa passagem, Parker se aproxima cada vez mais do Sol. Os quatro conjuntos de instrumentos da sonda irão capturar dados neste novo ambiente, uma região inexplorada ao redor do Sol e potencialmente reveladora de novas informações sobre o vento solar e a atmosfera.

Em particular, os cientistas querem entender melhor como a atmosfera externa do Sol é muito mais quente que a superfície visível da estrela, e como o material do vento solar atinge velocidades tão altas. Em fevereiro, a Solar Orbiter será lançada pela Nasa e poderá complementar o trabalho da Parker.

As três primeiras órbitas da Parker estavam aproximadamente à mesma distância da nossa estrela (24 milhões de quilômetros). Após o segundo sobrevoo na órbita de Vênus em 26 de dezembro do ano passado – e uma manobra de correção de trajetória em 10 de janeiro deste ano – a sonda estabelecerá um novo recorde de distância do Sol por um objeto fabricado por humanos.

Os recordes anteriores são da própria Parker, que ainda continua em missão por mais sete anos. Serão 24 sobrevoos próximos do Sol até 2025, a fim de ajudar os cientistas a entender como o astro funciona.

Via: Space.com/Nasa

Nasa sonda espacial Sol Sistema Solar sonda parker
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você