Compartilhe com seus seguidores
A A A

SpaceX: cápsula chega à Estação Espacial Internacional

Vinicius Szafran, editado por Liliane Nakagawa 09/12/2019 20h11

A cápsula espacial Dragon, da SpaceX, após ser lançada na última quinta-feira, se atracou com sucesso na Estação Espacial Internacional neste domingo. A missão entregou suprimentos e experimentos científicos, que incluíam um grupo de ratos geneticamente modificados e um robô flutuante, o CIMON-2.

Os ratos, que foram alterados geneticamente para aumentar o crescimento muscular, foram desenvolvidos no Laboratório Jackson, no estado americano de Maine. A missão dos roedores é ajudar os cientistas a entender os efeitos da microgravidade na degeneração muscular e óssea. Os animais vão ficar a bordo por 30 dias. A pesquisa é considerada de extrema importância, já que a Nasa planeja missões tripuladas mais longas para Lua, Marte e até além.

Além de ajudar a entender como prevenir a perda muscular e óssea nos astronautas, a pesquisa pode ajudar a melhorar a compreensão da degeneração muscular na Terra, que afeta principalmente idosos. Já o robô CIMON-2 é essencialmente um computador avançado que visa, além de fazer companhia para os astronautas, ajudá-los no trabalho. Quanto mais interações houver com a tripulação, mais habilidades o robô desenvolverá.

Pesquisa espaço spaceX ISS Estação Espacial Internacional
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você