Cinema e Streaming

Belas Artes

O streaming do Belas Artes precisa ser mais conhecido

Sergio Alpendre, editado por Cesar Schaeffer 18/11/2019 10h11
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Mensalidade do novo serviço custa apenas R$ 9,90

Na virada dos anos 1980 para a década seguinte, o complexo de salas da Rua Consolação conhecido como Belas Artes atingia seu auge. Os filmes que ali estreavam recebiam uma pomposa e carinhosa acolhida, e não foram poucas as estreias marcantes, de Eu Sou o Senhor do Castelo a Febre da Selva, de Pelle, O Conquistador a De Olhos Bem Fechados (esse já no final dos anos 1990, com sala lotada).


Após anos de altos e baixos, o complexo finalmente fechou com a Caixa, numa parceria que parecia vir para ficar. Mas governos e patrocinadores são sempre passageiros, e a Caixa se retirou com vontade até maior do que chegou, deixando novamente o cinema de rua com destino incerto.

Aí chega a Petra, marca de cerveja que se anuncia como a salvação da lavoura, e até agora tem sido. Mais ainda quando o Belas Artes, na figura de seu programador, André Sturm, anunciou, no fim do último agosto, seu serviço de streaming, o matador À La Carte (nome de um disco da banda alemã de rock progressivo Triumvirat).

Para cinéfilos exigentes, o À La Carte tende a superar o Mubi, que tem uma limitação de 30 títulos, e competir com o Telecine - que, com seu poderio e coleção numerosa, tem tanto para o fã dos filmes do Belas Artes quanto para os netflixmaníacos, embora pudesse ter mais clássicos e cults.

O serviço tem seções curiosamente nomeadas, nem sempre compreensíveis, mas que comportam filmes que aparecem nas outras seções: Relaxx, Preparem seus lenços, Mulheres maravilhosas, No mundo real, Hahaha (faltou mais criatividade neste), Para roer as unhas, Do livro pra tela, Todo cinéfilo precisa ver antes de morrer, Filme cabeça (sério?), França mon amour, Campo minado, Se você nunca viu um filme cult comece aqui, Super premiados, Divos, Don't Cry for me Argentina, Senta que lá vem história, Além do arco-íris, Meninas malvadas, Não soubemos classificar (seção de nome mais criativo, sem dúvida), Rapidinhas, Volta ao Mundo em 80 dias, Cults Incríveis, Boy Meets Girl (obviamente com o filme Boy Meets Girl, o melhor de Leos Carax).

Futuramente, destacarei aqui as melhores apostas dessas seções. Por enquanto fica o convite para mais esse serviço de streaming, pela módica mensalidade de 9,90 reais (com opção de aluguel avulso: 4,90 por filme).

Filmes Streaming Cinema Filmes&Series belas artes
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você