Banco Neon
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Conta Digital: você ainda vai ter uma

Pedro Conrade 08/10/2018 09h00

As contas digitais nasceram com essa proposta de oferecer uma alternativa descomplicada para simplificar a vida das pessoas.

Entre as profundas transformações que o setor financeiro tem vivido, uma das mais marcantes é o surgimento das fintechs, startups que oferecem serviços financeiros inovadores por meio da tecnologia.

De acordo com o Radar Fintech Lab, em abril de 2016 existiam cerca de 130 startups financeiras sendo que, em setembro do mesmo ano, esse número subiu para mais de 200. O crescimento se manteve e o último levantamento, apresentado em agosto deste ano, mapeou mais de 400 fintechs.

Hoje o consumidor utiliza a tecnologia, via celular, para resolver boa parte do seu dia a dia – pedir um táxi, planejar uma viagem, mandar e-mails, mensagens para os amigos, entre outros. Nada mais natural que ele utilize o celular para cuidar da sua vida financeira.

Os smartphones já estão inseridos na vida do brasileiro e são utilizados para facilitar a vida das pessoas. O Brasil, inclusive, já superou a marca de um smartphone por habitante e hoje conta com 220 milhões de celulares inteligentes ativos, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP).

As contas digitais nasceram com essa proposta de oferecer uma alternativa descomplicada para simplificar a vida das pessoas. Em uma definição simples, é um produto financeiro que pode ser utilizado totalmente pelo seu celular. Nesse tipo de serviço, a tecnologia e a usabilidade são os grandes diferenciais.

Existem hoje no mercado as contas digitalizadas, que são a versão digital das contas dos bancos tradicionais, e as contas que já nasceram digitais, de fintechs que atuam em parceria com os bancos, pois precisam de um parceiro para a custódia e liquidação do dinheiro.

As duas alternativas possibilitam que você receba seu dinheiro, pague contas, faça transferências, saques - ou seja, tudo que é feito no banco tradicional, mas sem a necessidade de ir em agências, pegar filas, falar com gerentes etc.

Em uma conta digital de verdade, absolutamente tudo é feito pelo aplicativo. Da abertura, ao uso dos serviços, até o encerramento da conta. Elas possuem menos (ou nenhuma) tarifas e mensalidade, e o atendimento é 24 horas - tudo online, é claro. O cadastro é simples e sem burocracia, e o uso do aplicativo deve ser totalmente intuitivo.

Apesar de ser um conceito novo, as contas digitais estão atraindo muitos adeptos. Uma pesquisa da Cantarino Brasileiro, consultoria especializada no setor financeiro, realizada com 1.004 brasileiros, que apontou que um grande número de usuários de bancos tradicionais se interessaria em abrir uma conta digital (54%).

Essa tendência é global. De acordo com uma pesquisa realizada em todo o mundo pela Oracle, 81% dos consumidores usam canais digitais para se envolver com seus bancos e 69% dos entrevistados querem ter toda sua vida financeira em canais digitais. As expectativas da Juniper Research são de que, até o final deste ano, serão mais de 2 bilhões de usuários de bancos digitais, o que representa 40% da população adulta mundial.

Uma das maiores preocupações das contas digitais, assim como a de seus clientes, é manter o dinheiro seguro - e as fintechs contam com uma tecnologia robusta para assegurar isso. Uso de biometria, reconhecimento facial e selfie para autenticação de compras são algumas das artimanhas utilizadas para garantir a proteção, além de diversos outros protocolos.

E, para quem ainda precisa de mais um selo de segurança, o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) garante o pagamento do dinheiro investido em CDB aos credores em caso de intervenção ou liquidação da instituição financeira pelo Banco Central. Já o dinheiro que está na conta é protegido pela regulação das instituições de pagamento, que obriga que esse dinheiro fique separado do balanço da instituição custodiante, segregada, em uma conta que "dorme" em títulos públicos, sem risco.

As vantagens de ter uma conta totalmente digital são inúmeras e, por isso, têm atraído tantas pessoas. Ter a conta digital na sua mão, de forma simples, menos burocrática, com menos tarifa e os mesmos serviços das contas tradicionais é o que tem levado a essa revolução.

A simplificação da vida financeira que a conta digital traz tem motivado as pessoas a repensarem a relação que têm com seu dinheiro e tornando-as mais abertas a vivenciar uma experiência 100% online.

Dinheiro Smartphones Bancos banco digital
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você