Aulas presenciais em SP serão retomadas em 7 de outubro

Data foi adiada em um mês em relação ao anteriormente previsto. Entretanto, escolas poderão abrir a partir de 8 de setembro para 'reforço e acolhimento'

Rafael Rigues 07/08/2020 16h46
João Doria
A A A

Suspensas desde 23 de março devido à pandemia de Covid-19, as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas no Estado de São Paulo poderão ser retomadas a partir do dia 7 de outubro. A decisão foi comunicada pelo governador João Doria, durante evento para a imprensa nesta sexta-feira (7).


Anteriormente, o retorno dos alunos estava previsto para 8 de setembro. Entretanto, escolas públicas e particulares poderão abrir a partir desta data para realização de "atividades de reforço e acolhimento", incluindo o uso de laboratórios e bibliotecas.

De acordo com o secretário estadual de educação, Rossieli os planos para tais atividades "serão elaborados pela comunidade escolar". Para que possa realizá-las, a escola precisa estar em uma região amarela do Plano São Paulo há pelo menos 28 dias, a contar do dia 11 de agosto.

Segundo Doria, "a partir de 8 de setembro, escolas públicas e privadas terão a opção de abrir para atividades de reforço, desde que estejam em regiões há pelo menos 28 dias na fase amarela. É uma decisão que cada escola deve tomar através de um processo de consulta que envolve a comunidade escolar, pais, estudantes e educadores. Deverão respeitar o limite de alunos na sala de aula e rigorosamente os protocolos sanitários".

As escolas que participarem deverão respeitar limites de lotação: do 1º ao 5º ano a ocupação máxima das escolas será de 35%. Do 6º ao 9º ano o limite é de 20% dos alunos.

Fonte: UOL


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



escola escola pública escola estadual coronavirus covid19
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você