Companhias aéreas oferecem voos 'sem destino' em meio à pandemia

Aeronaves pousam no mesmo local em que decolam; empresas visam atrair clientes com saudades de viajar de avião

Victor Pinheiro 23/09/2020 19h02
Qantas
A A A

Enquanto países ainda adotam restrições a voos comerciais diante da pandemia de Covid-19, companhias aéreas apostam em um novo serviço para atender pessoas que sentem falta da experiência de embarcar e viajar em um avião: as viagens panorâmicas.


A modalidade descreve voos em que aeronaves decolam de um aeroporto e, após completarem o percurso planejado, pousam no mesmo local. Segundo reportagem do UOL, as iniciativas ainda se concentram em regiões da Ásia e Oceania. No mês passado, a companhia taiwanesa EVA Airways realizou uma viagem panorâmica de duas horas e quarenta e cinco minutos a partir do aeroporto de Taipei.

O voo foi parte de uma campanha em comemoração do dia dos pais e aderiu à temática da personagem Hello Kitty. Já a Tigerair, outra agência aérea de Taiwan, promoveu uma viagem para turistas sobrevoarem a ilha de Jeju, da Coreia do Sul. A empresa ainda garantiu aos clientes um voucher para voos entre as duas nações, assim que as fronteiras entre os países forem liberadas.

A modalidade também chegou na Austrália. Em apenas dez minutos, a companhia aérea Quantas comercializou todas as passagens para um voo panorâmico previsto para 10 de outubro. Uma aeronave 797 Dreamliners vai decolar do aeroporto de Sydney e sobrevoar, em altitudes mais baixas que o convencional, alguns pontos turísticos do país, incluindo a Grande Barreira de Corais e a Baía de Sydney.

Reprodução

Comissárias de bordo no voo panorâmico temático da EVA Airways. Imagem: Divulgação

Os tickets foram vendidos por valores entre US$787 e US$3.787 - isto é, entre, aproximadamente, R$ 4,4 mil e R$ 21,7 mil em conversão direta. De acordo com o UOL, a empresa ainda pretende oferecer viagens até a Antártica. Com duração de cerca de doze horas, os voos estão programados para ocorrer entre novembro e fevereiro e devem partir das cidades de Sydney, Melbourne, Brisbane, Adelaide e Perth.

O valor das passagens varia de US$ 1,2 mil (R$ 6,7 mil) até R$ 8 mil (R$ 44,7 mil), por pessoa. Já para quem quer matar a saudade da experiência de serviço de bordo sem gastar muito ou embarcar em uma aeronave, a empresa tailandesa Thai Airways oferece uma opção. A companhia administra um restaurante temporário em sua sede, em Bagkok, que serve “comida de avião” e é ambientado com mobiliário temático e funcionários vestidos de comissários de bordo.

Via: UOL


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



avião companhias aéreas coronavirus
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você