torre de energia elétrica

Conta de luz não terá tarifas extras até dezembro devido à Covid-19

Renato Santino 26/05/2020 22h05
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Aneel anunciou medida para aliviar o bolso dos consumidores durante a crise; agência já havia proibido o corte de energia elétrica

Devido à crise causada pelo coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta terça-feira (26) que decidiu suspender cobranças taxas extras dos consumidores até dezembro.


As taxas extras se dão por meio das bandeiras tarifárias coloridas, sendo a verde a mais barata. Na sequência, estão as bandeiras amarela e vermelha, representando aumentos gradativos no preço da energia elétrica. Com a decisão da Aneel, será cobrada a bandeira verde até o fim do ano.

Segundo a Aneel, os fundos para bancar essa decisão serão oriundos da Conta-Covid, medida pensada para dar às empresas do setor maior liquidez durante a pandemia de Covid-19, dando acesso a empréstimos de bancos públicos e privados.

Em uma situação normal, o sistema de bandeiras é usado para desencorajar o consumo de energia em momento de condições desfavoráveis de geração de energia, como em épocas de estiagem que afete as hidrelétricas.

Atualmente, as diferentes bandeiras representam o seguinte aumento na cobrança do consumo de energia:

  • Verde: sem cobrança extra
  • Amarela: R$ 1,34 por 100 kWh
  • Vermelha patamar 1: R$ 4,16 por 100 kWh
  • Vermelha patamar 2: R$ 6,24 por 100 kWh

Essa não é a primeira medida da Aneel para aliviar o bolso dos cidadãos durante a crise. A agência também proibiu o corte de energia durante o período em caso de inadimplência.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Eletricidade Aneel coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você