Coronavírus: cidade de São Paulo decreta estado de emergência

Alternativa visa diminuir o número de pessoas nas ruas e prevê, se necessário, apreensão de bens essenciais ao combate da pandemia de Covid-19

Nina Gattis, editado por Cesar Schaeffer 16/03/2020 21h03
Bruno Covas
A A A

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, decretou estado de emergência pública na cidade a fim de reduzir a circulação de pessoas na região e desacelerar a propagação do coronavírus.


De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a possibilidade foi discutida com o secretariado municipal de São Paulo nesta segunda-feira (16) e será oficializada amanhã (17) por meio de um decreto com regras que definem até a apreensão de bens e serviços essenciais ao combate da pandemia do novo coronavírus como álcool em gel, por exemplo.

Além disso, Covas, que se encontra com a saúde fragilizada devido a um câncer que havia acometido sua cárdia (região entre o esôfago e o estômago), deve se instalar na Prefeitura de São Paulo durante as 24 horas desta terça-feira para despachar e agilizar decisões que podem ser decisivas no combate à Covid-19


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



São Paulo coronavirus covid19
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você