Máscara cirúrgica Xiaomi

Coronavírus: demanda por máscaras cirúrgicas da Xiaomi derruba website

Victor Pinheiro, editado por Liliane Nakagawa 28/01/2020 20h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Xiaomi Youpin afirma estar trabalhando para suprir as demandas por produto

A epidemia de infecção por Coronavírus alavancou a demanda por máscaras cirúrgicas na China. Em resposta a esse crescimento, a Xiaomi lançou recentemente sua própria linha do produto. 


No entanto, assim que as máscaras chegaram ao mercado, a procura foi tão intensa que o tráfego de usuários derrubou o website da loja Xiaomi Youpin

“O servidor caiu. Essa demanda por máscaras cirúrgicas não tem precedentes. Estamos nos preparando para retornar o mais rápido possível, mas a quantidade solicitada ainda está longe do possível. Pedimos desculpa aos usuários que não puderam entrar e realizar a compra. Porém a Xiaomi Youpin tem poderes limitados. Vamos fazer de tudo para disponibilizar o máximo de produtos e garantir que nossos estoques sejam suficientes”, disse a Xiaomi Youpin. 

Cada pacote de 20 máscaras é vendido na faixa de 39.9 yuans, o equivalente a US$ 6 (R$ 30, em conversão direta).

Reprodução

A epidemia de Coronavírus, que teve seu epicentro em Wuhan, na China, já matou mais de 100 pessoas e infectou mais de 4,7 mil pacientes, em 16 países. No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou a primeira suspeita de infecção de coronavírus nesta terça-feira (28). 

 

Fonte: GizChina

 
Internet Saúde xiaomi coronavirus
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você