Covid-19: combinação de medicamentos usada contra HIV não é tratamento eficaz

Retrovirais até causaram efeitos colaterais negativos em alguns casos

Nina Gattis, editado por Matheus Luque 27/05/2020 18h29
Remédios
A A A

De acordo com uma análise feita por cientistas chineses, publicada na revista científica New England of Medicine, a associação dos medicamentos lopinavir e ritonavir, ambos frequentemente utilizados no combate ao HIV, não é eficaz contra o coronavírus.


"Concluindo, descobrimos que o tratamento não acelerou significativamente a melhora clínica, reduziu a mortalidade ou diminuiu a detectabilidade do RNA viral em pacientes com Covid-19 grave. Esses dados iniciais devem ajudar estudos futuros a avaliar esse e outros medicamentos no tratamento da infecção pelo novo coronavírus", explicaram os autores da pesquisa.

Em casos de pacientes com HIV, a combinação das drogas impede a ação da enzima responsável por criar os conjuntos de aminoácidos que o vírus utiliza para se multiplicar e, quanto ao coronavírus, a intenção era entender se o lopinavir e o ritonavir seriam capazes de atuar da mesma forma.

Reprodução

Combinação retroviral contra HIV não é eficaz contra coronavírus. Imagem: NIAID/Flickr

Para o estudo, os cientistas fizeram um experimento randomizado controlado, ou seja, um grupo de pacientes com características semelhantes - neste caso, em estado grave da Covid-19 - foi escolhido aleatoriamente. Dos 199 selecionados, 60,3% eram homens e a idade média era de 58 anos.

Os pacientes foram divididos em dois grupos: 99 receberam lopinavir com ritonavir duas vezes por dia durante 14 dias, enquanto os 100 restantes não fizeram uso da combinação. O resultado? Como publicado pelo grupo de cientistas, os infectados medicados com a associação das drogas retrovirais próprias para o HIV, não melhoraram com mais rapidez ou morreram menos do que os pacientes que obtiveram um tratamento padrão.

Além disso, o tratamento com lopinavir e ritonavir teve que ser interrompido precocemente em 13 dos 99 pacientes devido a eventos adversos. Problemas gastrointestinais também foram mais comuns nos infectados que receberam a combinação retroviral.

 

Via: Uol


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



medicamento HIV coronavirus covid19 tratamento
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você