E-bikes sucateadas pela Uber são recuperadas para empréstimo gratuito

Organização sem fins lucrativos quer distribui-las para a comunidade nova-iorquina

Nina Gattis, editado por Daniel Junqueira 23/07/2020 17h00
Foto: Jump Bikes
A A A

Dezenas de milhares de bicicletas elétricas da Jump, startup de compartilhamento de e-bikes adquirida pela Uber e transferida para a Lime, que haviam sido descartadas em maio, serão recuperadas por uma organização sem fins lucrativos que visa emprestá-las gratuitamente.


Ironicamente, as e-bikes sustentáveis da Jump, que, somadas, custam milhões de dólares, estavam sendo sucateadas e poluindo o meio ambiente. Afinal, não houve nenhuma tentativa por parte da Uber de vender o residual que restou do processo de transferência para a Lime em leilões ou em peças avulsas.

Foi então que a Shared Mobility, organização sem fins lucrativos que tem como objetivo a democratização do transporte, entrou em cena e decidiu salvar as e-bikes para compartilhá-las gratuitamente com os habitantes do estado de Nova York a partir de centros gratuitos liderados pela própria comunidade.

Reprodução

Bibicletas da Jump sendo sucateadas. Imagem: Reprodução/Twitter

De acordo com relatórios do processo, a Shared Mobility já recebeu três mil e-bikes da Jump, das quais metade já estão prontas para serem utilizadas. O oeste do estado de Nova York deve ser a primeira região a receber as bicicletas elétricas recicladas.

Embora a Shared Mobility ainda não tenha deixado claro como funcionará o esquema de compartilhamento, Michael Galligano, CEO da organização, disse que o objetivo é "atender comunidades desfavorecidas no oeste de Nova York". Portanto, a expectativa é que habitantes que não têm carro próprio ou que vivem distantes dos grandes centros e, consequentemente, do acesso aos meios de transporte públicos, sejam priorizados.

"As pessoas ainda precisam trabalhar - trabalhadores essenciais, em particular, dependem frequentemente de transporte público", disse Lisa Kenney, consultora do Conselho Regional de Transportes de Grande Buffalo Niagara, em Nova York. "E, no momento, algumas pessoas podem não se sentir confortáveis ​​em usá-lo [por causa da pandemia de coronavírus]", acrescentou. Por isso, as e-bikes podem ser uma boa alternativa.

Via: The Next Web


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



startup uber lime Bicicleta elétrica coronavirus pandemia bike
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você