Trabalhador da Ford demonstra uma máscara facial

Ford detalha seus esforços no combate à Covid-19

Rafael Rigues 24/03/2020 14h03
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Empresa está usando suas unidades de produção e experiência em engenharia para produzir equipamentos de proteção pessoal que serão usados por médicos e enfermeiros

A Ford anunciou como está usando sua experiência em engenharia e manufatura para a produção de equipamentos usados no tratamento de pacientes com a Covid-19. Trabalhando em conjunto com a 3M, GE Healthcare e o United Auto Workers (UAW, sindicato dos trabalhadores da indústria automobilística na América do Norte) a empresa irá produzir máscaras, respiradores e ventiladores mecânicos.


A montadora está auxiliando a 3M a aumentar a capacidade de produção de seu respirador purificador de ar motorizado (PAPR), bem como no design de um novo modelo de respirador que possa ser fabricado rapidamente em grande escala.

Para isso as empresas estão aproveitando componentes já existentes, como ventiladores usados para circulação de ar nos assentos refrigerados de caminhonetes Ford F-150, filtros HEPA já produzidos pela 3M e baterias usadas em ferramentas elétricas. A Ford está estudando como construir estes novos respiradores em uma de suas fábricas no Michigan, aumentando em dez vezes a capacidade de produção em relação à atual.

A Ford também está trabalhando com a GE Healthcare para produzir uma versão simplificada de um ventilador mecânico já existente, que seria produzido em uma fábrica da montadora, além das instalações da GE.

Além disso, a equipe de design da empresa está testando um projeto de máscaras que cobrem todo o rosto com um “escudo” de plástico transparente, que ajuda a proteger os olhos e a face de contato com partículas que podem conter o vírus. Junto com respiradores N95, elas formam uma das melhores formas de proteção disponíveis.

As primeiras 1.000 máscaras serão testadas nesta semana nos hospitais Detroit Mercy, Henry Ford Health Systems e Detroit Medical Center Sinai-Grace, em Detroit, nos EUA. A empresa espera produzir até 75.000 máscaras nesta semana, e 100.000 máscaras por semana a partir daí, na Troy Design and Manufacturing, uma de suas subsidiárias em Plymouth, no Michigan.

A empresa também estará usando seu Advanced Manufacturing Center em Redford, Michigan, e seus recursos internos de impressão em 3D para produzir componentes e módulos para equipamentos de proteção pessoal.

 Fonte: Ford


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Ford coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você