Hidroxicloroquina não ajuda na prevenção da Covid-19, aponta estudo

Resultados do primeiro estudo controlado com a substância não empolgam

Daniel Junqueira, editado por Liliane Nakagawa 03/06/2020 21h57
Laboratório de teste Covid-19
A A A

Testes com a hidroxicloroquina não tiveram resultados satisfatórios na análise do potencial do uso da substância para a prevenção da Covid-19.


Um estudo realizado pela Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, analisou 821 pacientes expostos a pessoas infectadas com o novo coronavírus. O resultado, segundo os pesquisadores, é de que o medicamento não é eficaz como terapia preventiva.

O experimento foi o primeiro controlado com a substância: nesse tipo de pesquisa, a escolha dos participantes é aleatória e parte deles recebe a droga, enquanto outros recebem placebos.

Usada há décadas no tratamento de doenças como malária e lúpus, a cloroquina e a hidroxicloroquina estão entre as substâncias apontadas como promissoras na busca por tratamentos para a Covid-19. Resultados de estudos, no entanto, não são muito animadores.

Além da pesquisa dos cientistas norte-americanos, a hidroxicloroquina também teve eficácia questionada em uma série de estudos, o que chegou a fazer a Organização Mundial da Saúde interromper experimentos com o medicamento.

A OMS voltou atrás dando a entender que, por mais que os resultados recentes não sejam dos mais animadores, ainda é cedo para descartar completamente o uso da hidroxicloroquina na prevenção ou tratamento da Covid-19.

Via: O Globo


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Ciência coronavirus hidroxicloroquina
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você