Holanda tem o primeiro caso de óbito após reinfecção por coronavírus

Mulher de 89 anos realizava tratamento contra câncer e apresentou sintomas dois meses após ter se curado

Renato Santino 12/10/2020 21h50
Coronavírus
A A A

Enquanto o mundo ainda não entende perfeitamente a imunidade conferida à Covid-19 após a infecção, alguns casos de segundo contágio começam a se acumular. Nesta segunda-feira (12), o mundo registrou o primeiro caso de uma pessoa que se contaminou com o coronavírus duas vezes e morreu da segunda vez.


O caso aconteceu na Holanda, com uma paciente de idade avançada, com 89 anos, e que realizava tratamento contra o câncer, como descrito em artigo científico ainda não revisado.

A mulher havia procurado apoio médico no início do ano apresentando os sintomas da Covid-19, incluindo febre e tosse. Após ser testada, ela foi diagnosticada com o coronavírus, mas deixou de exibir sintomas após 5 dias de hospitalização e pode retornar para sua casa, apesar de continuar sentindo fadiga. Após quase dois meses, ela passou a apresentar sintomas novamente, dois dias após uma sessão de quimioterapia, mas desta vez ela também sentia falta de ar.

Na segunda oportunidade, ela foi testada novamente, e foi confirmado o diagnóstico de Covid-19 novamente, mas dois exames sorológicos, realizados 4 e 6 dias após a internação, não mostraram presença de anticorpos. Após o oitavo dia, sua condição piorou e sua morte aconteceu depois de duas semanas.

Existem casos em que a pessoa manifesta sintomas duas vezes, mas não são duas infecções distintas; o vírus apenas permaneceu "dormente" por algum tempo no organismo e volta a se manifestar. No entanto, neste caso, os pesquisadores puderam comparar as amostras do primeiro diagnóstico e do segundo e constataram pelo sequenciamento genético do vírus que a paciente foi atingida por duas linhagens distintas do coronavírus, confirmando dois contágios diferentes.

Por enquanto, a reinfecção pelo coronavírus ainda parece rara, felizmente. Com quase 40 milhões de casos confirmados no mundo no momento, o site BDO News cataloga 23 pessoas que tiveram um segundo diagnóstico positivo com sequenciamento genético. No entanto, é importante notar que não é todo lugar que testa o bastante para realizar um segundo diagnóstico e não é todo lugar que guarda as amostras do primeiro contágio para comparação.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



coronavirus covid19
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você