Uber oferece auxílio para vítimas de violência doméstica

Através do WhatsApp, mulheres vítimas de abuso durante a pandemia poderão acionar uma assistente virtual que pode oferecer ajuda sem despertar atenção do agressor

Renato Mota 29/04/2020 14h04
Chatbot Uber
A A A

As medidas de distanciamento social adotadas para tentar frear a pandemia do novo coronavírus têm apresentado, especialmente na América Latina, uma terrível consequência: um aumento nos casos de abuso doméstico. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, só em São Paulo, observou-se no mês passado um aumento de 45% nos casos de violência contra mulheres em comparação com 2019.


Para auxiliar essas vítimas, o Uber lançou uma assistente virtual no WhatsApp que pode oferecer, de forma discreta, orientação e ajuda. Ao enviar uma mensagem para o número (11) 94494-2415, a vítima é contatada por um chatbot que simula uma conversa com um contato, mas colhe informações para melhor entender a situação e buscar socorro.  

Ao avaliar o grau de risco, a ferramenta pode ainda disponibilizar para a vítima um código promocional que pode ser usado em uma corrida gratuita para um hospital, unidade de saúde, delegacia ou um centro de atendimento que presta serviço e assistência social e psicológica e orientação jurídica às mulheres em situação de violência.

No Brasil, a ação é uma parceria com a agência Wieden+Kennedy e o Instituto Avon, e integra o Programa Você Não Está Sozinha, com ações e serviços desenhados em resposta ao aumento da violência contra mulheres e meninas no contexto da pandemia.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



uber coronavirus covid19
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você