Dicas e Tutoriais

Reiniciar smartphone

Por que reiniciar o celular é importante para manter bom desempenho

Alvaro Scola, editado por Roseli Andrion 03/06/2019 15h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Entenda quais são os benefícios de reiniciar o celular para que ele continue a funcionar bem no dia a dia

Cada vez mais os celulares executam tarefas que, antes, requeriam mais de um equipamento para serem realizadas. Como se tornaram dispositivos muito importantes, é comum que muitos usuários nem os desliguem ou reiniciem — ou seja, ele fica ligado o dia inteiro.


Apesar de o aparelho aguentar, quem o usa deveria dar uma pausa para o equipamento. O Olhar Digital explica, a seguir, alguns dos motivos pelos quais é importante reiniciar o celular com frequência, independentemente de ele ter como sistema o Android ou o iOS.

Memória RAM

Todos os smartphones têm uma quantidade de memória RAM, que serve para guardar algumas informações e executar aplicativos. Em razão do modo de funcionamento do sistema, mesmo depois que um programa é fechado, parte dela continua tomada por ele — e isso prejudica a velocidade de novos aplicativos que forem abertos.

Reprodução

Quando o aparelho é reiniciado, apesar de a lista de aplicativos ainda ficar no gerenciador de tarefas, o sistema terá mais memória RAM disponível. Isso ocorre porque, quando os aplicativos voltam a ser abertos, eles estão em seu estado inicial e demoram um pouco mais para serem carregados.

Aplicativos com problemas

Ao utilizar programas no celular, podem ocorrer bugs, que, mesmo quando o programa é fechado e aberto novamente, não são resolvidos. Nesses casos, o problema pode ser causado por diversas razões, como arquivos de cache que causam erros ou processos abertos em conflito com eles.

Reprodução

Reiniciar o celular, então, pode ser a solução para esse problema. Afinal, essa ação libera memória RAM e encerra processos abertos. 

Preserva a bateria

Reiniciar o aparelho ajuda, ainda, a assegurar que sua bateria continue a funcionar bem. Por exemplo, não é incomum que ao executar um aplicativo, a bateria do smartphone comece a ser drenada em razão de falta de otimização ou outros problemas.

Reprodução

É importante que o celular não seja sempre carregado quando a carga da bateria começar a diminuir. Isso porque, ao carregar o celular sem ele estar com a carga realmente baixa, o sistema é incapaz de aprender quando a bateria está chegando ao limite e qual o melhor momento para recarregá-la.

Então, reiniciar o smartphone ajuda a zerar essas contagens do sistema. Vale lembrar que reiniciar ou desligar e ligar o telefone não conta como um ciclo de carga, que é o principal fator que afeta a vida útil de uma bateria.

Quando reiniciar o telefone

Não existe um número mínimo de vezes ou um padrão exato a ser seguido para reiniciar o telefone. Por exemplo, desligá-lo ou reiniciá-lo todo dia não lhe causa mal algum: ao contrário, traz benefícios e faz que o sistema tenha melhor desempenho e menos travamentos.

Quem optar por deixar o aparelho ligado de forma contínua durante a semana, deve reiniciá-lo pelo menos uma ou duas vezes nesses sete dias. Entretanto, se enfrentar algum dos problemas mencionados, pode ser uma boa ideia reiniciá-lo na hora para tentar solucioná-los.

Smartphones Dicas smartphone Dicas&Tutoriais
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você