Dicas e Tutoriais

Linux Mint

Quais são as novidades do Linux Mint 19.3

Alvaro Scola 20/12/2019 13h28
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nova versão do Linux Mint traz diversas novidades para seus utilizadores e deixa o sistema ainda mais prático. Confira o que mudou!

O Linux Mint é uma das distribuições mais populares do sistema do pinguim, levando como base o sistema do Ubuntu e tendo como foco uma usabilidade fácil. Por sua vez, é claro, essa distribuição recebe atualizações constantes para oferecer novos recursos e programas ainda melhores para seus usuários.


Nessa semana, o Linux Mint chegou a sua versão 19.3, que trouxe pequenas mudanças, mas que podem ainda fazer a diferença para muitos. A seguir, confira quais foram as principais novidades do Linux Mint 19.3.

Soluções mais práticas

Para facilitar a vida de quem se depara com um problema no Linux ou até mesmo para avisar sobre uma atualização, o Linux Mint está melhorando o seu sistema de notificações. Assim, toda vez que você tiver algum problema ou algo a ser revisto no sistema, uma pequena notificação surgirá na bandeja do sistema lhe indicando uma possível solução ou ação.

Reprodução

Novo player de vídeo

Para melhorar a reprodução de vídeos no sistema o aplicativo padrão para eles está sendo trocado. Dessa forma, o Celluloid acaba substituindo o Xplayer, que traz alguns benefícios.

Reprodução

O Xplayer, por exemplo, fazia a renderização de vídeos apenas via CPU, o que poderia em notebooks fazer com que eles esquentassem ou gastassem mais bateria. Já o Celluloid, devido ao MPV, consegue oferecer uma performance mais satisfatória ao fazer um uso melhor do hardware do computador.

Mais controle do menu de contexto

Ao clicar com o botão direito do mouse, você possui uma série de ações, que podem ser realizadas com apenas um clique. Agora, no Linux Mint, ao usar o Nemo, o seu explorador de arquivos, você pode personalizar quais ações devem ser exibidas por ali, o que pode enxugar o seu menu e deixá-lo ainda mais produtivo.

Reprodução

Novo aplicativo para desenhos

Durante muito tempo o Gimp foi o programa principal do Linux Mint para a edição de imagens, mas a sua interface era um pouco intimidadora para quem não tem o costume de usar editores de imagens. Para isso, na versão 19.3, o Linux Mint trocou o Gimp pelo Drawing, que traz menos recursos, mas é mais amigável.

Reprodução

Quem ainda quiser continuar a utilizar o Gimp, é claro, poderá obtê-lo pelos meios convencionais no Linux, já que ele continua a ser compatível com o Linux Mint.

Mudança no menu de boot

Outra mudança sútil, mas também interessante no Linux Mint 19.3 é no Grub, que teve o seu visual mudado. Agora, ficou mais fácil identificar qual sistema você deseja selecionar e navegar por suas funções.

Reprodução

Mais papéis de parede

Ainda na questão visual, quem gosta de trocar de papel de parede ganhou uma nova seleção de imagens em alta resolução.

Reprodução

Versões disponíveis e como instalar o Linux Mint

As novidades que você conferiu acima são em sua grande maioria para o ambiente gráfico do Cinnamon. Entretanto, o Linux Mint possui imagens com outros ambientes gráficos disponíveis, que são o Mate e o Xfce. A lista de novidades completa do Linux Mint pode ser vista em seu site oficial.

Todas essas versões, incluindo a com o Cinnamon, podem ser obtidas diretamente a partir do site oficial do Linux Mint por esse link. Caso você esteja em dúvida de como instalar o Linux Mint ou de como usá-lo, você pode conferir essa matéria do Olhar Digital. Apesar de ela se referir a outra versão do Linux Mint, o processo de instalação continua praticamente o mesmo.

Linux Dicas Dicas&Tutoriais
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você