Monitor x Smart TV

Qual a diferença de uma televisão ou SmartTV para um monitor

Alvaro Scola, editado por Renato Santino 19/09/2018 12h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

As televisões e monitores são dois aparelhos similares e que muitas vezes acabam sendo utilizados para uma mesma função, mas que, no fim das contas se saem melhor para atividades diferentes. Ao querer comprar um destes aparelhos, não é incomum que você acabe em dúvida sobre qual deles será a opção ideal.


Abaixo, entenda quais são as principais diferenças entre estes dois dispositivos e para que fim eles são recomendados. 

Televisões e Smart TVs

Este tipo de aparelho geralmente é indicado para quem não irá fazer o uso de um computador conectado a eles. Apesar de possuírem as conexões necessárias para esta tarefa você notará que as televisões são indicadas para um uso em que ela pode ser visualizada mais à distância. Isso se deve ao painel que é empregado nelas, que pode não oferecer uma imagem tão nítida ou fiel quando vista de perto.

Ao procurar modelos deste tipo, outro ponto que você perceberá, é que, na grande maioria dos casos, as televisões estão disponíveis em tamanhos maiores. Assim, por exemplo, enquanto monitores são encontrados em tamanhos de até 30 polegadas, TVs são encontradas com tamanhos que ultrapassam 40 ou até 50 polegadas.

Reprodução

Entrando na parte mais técnica, estes aparelhos também possuem algumas diferenças. Por exemplo, todas as televisões contam com som integrado, enquanto monitores nem sempre oferecem este recurso. As televisões mais recentes, por sua vez, contam com sistemas próprios ou até mesmo o Android, que lhe fornecem acesso a funções e aplicativos, algo ausente nos monitores.

O uso dos aparelhos de televisões é destinado para quem deseja assistir filmes, séries ou até mesmo jogar videogame. Outra exclusividade delas fica por conta dos conversores digitais, que permitem assistir a canais de TV que sejam abertos e tenham um sinal digital. Assim, elas são recomendadas para ambientes maiores, como a sala de sua casa ou seu quarto, desde que você fique a uma certa distância da tela, como citamos anteriormente.

Por fim, estes aparelhos, na maioria dos casos, vêm com as conexões VGA, HDMI, AV e vídeo componente e suas resoluções acabam mais restritas ao FullHD ou 4k, diferente de monitores, que também possuem a resolução Quad HD.

Monitores

Como você já pode imaginar, os monitores, em geral, diferentemente da televisão, são destinados para o uso em computadores. Entretanto, tal como no equipamento anterior, alguns modelos conseguem oferecer funcionalidades encontradas em TVs e por isso geram a confusão sobre qual  escolher.

A grande vantagem deles é que são projetados para serem utilizados de perto, sem perder qualidade de imagem. Além disso, por trazer conexões diferentes, você obtém tempos de respostas menores e uma fidelidade maior de cores. Ainda neste quesito, é importante ressaltar que esta modalidade de equipamento traz alguns recursos exclusivos para fazer que o seu uso contínuo seja menos cansativo aos olhos dos usuários.Reprodução

Na questão de sistema, aqui fica outra diferença evidente. Enquanto nas televisões você encontra um sistema e funções como o PiP e timers, os monitores são mais limitados as configurações tradicionais de brilho, contraste e cores. Ainda assim, em alguns modelos específicos, são oferecidas configurações pré-definidas para diferentes tarefas como jogar ou navegar na internet.

Ainda na parte da tela, por serem destinados a um uso mais específico, você encontrará monitores que possuem opções de frequência maiores, geralmente destinadas a quem jogará no computador. Os seus painéis também são diferentes e, devido a tecnologia utilizada, oferecem tempos de resposta menores.

Por fim, na parte de conexões, os monitores acabam sendo um pouco mais restritos que as TVs e trazem, na maioria das vezes, as entradas DisplayPort, Mini DisplayPort, DVI, VGA e HDMI. Não todas de uma vez, claro. 

Qual dos equipamentos escolher?

Como você viu acima, ambos aparelhos conseguem realizar as mesmas atividades, mas tudo depende da questão de uso e em qual ambiente ele será instalado. Assim, se a sua intenção é utilizar um equipamento destes na sala para ver filmes e jogar videogame, a TV deve ser a sua primeira opção. Isto, não apenas por causa dos aspectos técnicos, mas até por oferecer uma variedade maior de modelos e tamanhos.

Agora, se você está em um ambiente menor, mas possui um equipamento para som e pretende utilizar o computador ou ficar de perto da tela, a escolha deve ir para o monitor. Apesar de alguns modelos sequer trazerem um sistema de som integrado, atualmente os principais monitores trazem uma saída P2, onde você pode conectar uma caixa de som ou outro aparelho. Lembre-se que o fato dele ser um monitor não lhe impede de conectar o seu videogame ou equipamento de TV a cabo.

Pronto! Dessa forma você já sabe as diferenças entre estes dois equipamentos e poderá escolher qual é a melhor opção para seu caso.


Monitores Televisão Dicas Smart TV Dicas&Tutoriais
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você