Segurança

Windows 1.0

41% dos consumidores usam PCs com sistemas obsoletos, diz Kaspersky

Rafael Rigues 03/10/2019 17h35
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A partir de 14 de Janeiro de 2020 o Windows 7 não receberá mais atualizações de segurança. Mas muitos consumidores, microempresas e até mesmo grandes corporações ainda usam o sistema

Em 14 de Janeiro de 2020 a Microsoft encerrará o suporte extendido ao Windows 7. Com isso, o sistema não receberá mais atualizações de segurança, o que deixará os usuários vulneráveis a eventuais falhas de segurança descobertas após esta data, que não serão corrigidas. Mesmo expostos a esse risco, segundo a Kaspersky muitos usuários domésticos, pequenas, médias e até grandes empresas ainda usam o Windows 7 ou outros sistemas não suportados, o que gera um risco à segurança.


Para testar e avaliar quantos sistemas desse tipo ainda estão em uso e assim estimar a dimensão do risco, os pesquisadores da Kaspersky analisaram dados anônimos de uso de sistemas operacionais fornecidos com consentimento pelos usuários da Kaspersky Security Network. Os resultados mostram que quatro em cada dez consumidores ainda usam sistemas obsoletos, inclusive alguma extremamente antigos, como o Windows XP e o Windows Vista.

2% dos consumidores e 1% das estações de trabalho usadas por microempresas dependem do Windows XP, um sistema operacional que não é suportado há mais de dez anos. Menos de meio por cento dos consumidores (0,3%) e microempresas (0,2%) ainda prefere o Windows Vista, sistema cujo suporte foi suspenso sete anos atrás. É notável que alguns consumidores (1%) e empresas (0,6% das micro e 0,4% das pequenas e médias e corporações) perderam a atualização gratuita para o Windows 8.1 e continuam usando o Windows 8, que não é suportado pela Microsoft desde janeiro de 2016.

O Windows 7 ainda é uma opção popular entre consumidores e empresas. Mais de um terço (38%) dos consumidores e microempresas e 47% das pequenas e médias empresas ou corporações ainda executam esse sistema operacional. Nos segmentos de pequenas e médias empresas e grandes corporações, a participação do Windows 7 e da versão mais recente do Windows 10 são iguais: 47% das estações de trabalho funcionam com esses sistemas operacionais.

No total cerca de 41% dos consumidores continuam usando sistemas operacionais que não são mais suportados. Ao mesmo tempo, 40% das microempresas e 48% das pequenas e médias empresas e grandes corporações ainda utilizam esses sistemas.

“O uso do Windows 7 é preocupante, pois faltam menos de seis meses até que essa versão não tenha mais suporte. Os motivos por trás desse atraso vão dos softwares executados, que podem não funcionar nas versões mais novas dos sistemas operacionais, até motivos financeiros e mesmo apenas o costume. Contudo, um sistema operacional sem correções representa um risco de cibersegurança, e o custo de um incidente pode ser significativamente maior que o custo da atualização. Por isso, recomendamos que os clientes migrem para as versões com suporte e garantam que as ferramentas adicionais de segurança estejam em funcionamento durante o período da transição”, afirma Alexey Pankratov, gerente de soluções corporativas da Kaspersky.

Para estar protegido contra novas ameaças, a principal recomendação é atualizar para uma versão suportada do sistema operacional, com o recurso de atualização automática ativado. Se a atualização não for possível, empresas podem se proteger isolando de forma inteligente estes 'nós' vulneráveis da rede, para que não possam servir de ponto de partida para ataques. Por fim, é recomendado o uso de soluções de segurança com tecnologias de prevenção de exploits baseadas em comportamento, que ajudam a reduzir o risco de ameaças que visam sistemas operacionais obsoletos.

Windows Vista Segurança Windows Windows 7 Kaspersky Windows 8 windows 8.1 windows xp vulnerabilidade falha de segurança
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você