Apple conseguiria ter destravado iPhone para o FBI, diz Tim Cook

Para celebrar a venda do bilionésimo iPhone e seu quinto aniversário como CEO da Apple, Tim Cook concedeu uma longa entrevista ao Washington Post sobre seus anos no comando da empresa mais valiosa do mundo. Dentre os assuntos abordados, Cook jogou uma nova luz sobre a briga do FBI com a Apple

Segundo Cook, a Apple tinha capacidade de destravar o iPhone do atirador de San Bernardino, como o FBI havia solicitado que ela fizesse. No entanto, a empresa optou por se negar a fazê-lo porque acreditava que não seria capaz de restringir o acesso à ferramenta de destravar iPhones. Isso tornaria ati-ética a atitude de produzir a ferramenta, na visão do CEO.

"Nós poderíamos criar uma ferramenta pra destravar o smartphone? Depois de alguns dias, determinamos que sim, poderíamos. Então a questão era, eticamente, deveríamos fazê-lo? Nós pensamos, sabe, isso depende da nossa capacidade de contê-la ou não. Outras pessoas se envolveram nisso também - especialistas em segurança e outros, e dessas discussões ficou claro que não podíamos ter certeza", disse.

Mudança de visão

Ainda para o CEO, a situação mudou a visão dele sobre a privacidade de seus consumidores. "Consumidores devem ter clareza de que não é necessário ter um Ph.D. em ciência da computação para se proteger", disse. Para ele, o aspecto mais triste da situação foi a decepção com o governo dos Estados Unidos: "Há mais de 200 países no mundo. Nenhum deles jamais pediu isso", afirmou.

Em 2014, Cook declarou publicamente sua homossexualidade. No entanto, esse aspecto de sua vida não teve qualquer influência no momento da briga com o FBI. "em termos de privacidade, eu não ligaria os dois. Privacidade, do meu ponto de vista, é uma liberdade civil", opinou.

Muitos outros aspectos foram abordados por Cook durante a entrevista. Alguns deles são a recente queda na venda de iPhones, o fato de o Apple Maps ter sido um erro, a aquisição da Beats pela Apple (que segundo o CEO foi uma estratégia para poder lançar o Apple Music mais cedo) e o desenvolvimento de dispositivos de realidade aumentada dentro da Apple. 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ