Apple estaria criando seus próprios servidores por medo de espionagem

Além de usar servidores de outras empresas - incluindo o Google - a Apple também investe em centros de dados próprios. De acordo com uma matéria do The Information, porém, a empresa estaria criando servidores próprios para si com o objetivo de evitar espionagem.

De acordo com fontes que preferiram não se identificar, a empresa suspeita que os servidores que ela compra da sua tradicional cadeia logística sejam interceptados antes de serem entregues. Após a interceptação, componentes e programas seriam acrescentados a eles por desconhecidos de maneira a torná-los vulneráveis a infiltrações, segundo as suspeitas da empresa.

A mesma fonte explica que, em determinado momento, a empresa chegou a exigir fotos das placas-mãe dos servidores com explicações sobre as funções de cada peça, para garantir sua integridade. No entanto, mais recentemente, a empresa teria começado a desenvolver internamente novos servidores para garantir sua segurança.

De acordo com o ArsTechnica, as suspeitas da Apple não são de todo infundadas. A National Security Agency (NSA, agência responsável pelo esquema de vigilância digital em massa dos Estados Unidos) costuma interceptar servidores e implantar neles seus próprios componentes e programas, para garantir acesso aos dados contidos neles.

A notícia também chega no meio de uma crise entre a Apple e o FBI, que recentemente tentou obrigar a empresa a burlar a segurança de seus iPhones, apenas para depois declarar que conseguia hackeá-los de outras maneiras.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ