Apple passa a recompensar quem encontra falhas nos seus produtos

A Apple finalmente resolveu recompensar financeiramente quem descobrir falhas no seu ecossistema. A companhia era a única entre as gigantes de tecnologia a não oferecer esse tipo de programa.

Durante a conferência Black Hat, em Las Vegas, a companhia anunciou que haverá escalas de premiação de acordo com a falha encontrada. Problemas no compartimento de informações, por exemplo, podem render US$ 25 mil; e se um hacker conseguir acessar dados da iCloud ele leva US$ 50 mil.

A maior recompensa, entretanto, vai para qualquer um que encontrar bugs no firmware da Apple. Neste caso a empresa se dispõe a pagar US$ 200 mil — é um dos maiores prêmios do mercado. Seja qual for o valor, caso ele seja doado para caridade a Apple fará outra doação igual.

Várias companhias oferecem esse tipo de programa, incluindo Google e Facebook. A Apple, por outro lado, apenas incluía o nome das pessoas que a ajudaram no seu site como forma de homenagem. O esquema vinha sendo criticado há bastante tempo, mas isso piorou no começo do ano, quando o FBI pagou US$ 1 milhão a um hacker em troca de uma falha que permitia invadir o iPhone.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ