Adiantum criptografia

Celulares Android mais básicos ganham recurso de criptografia

Rene Ribeiro 08/02/2019 11h58
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O Adiantum é baseado na criptografia ChaCha20, que é muito mais rápida que a criptografia AES quando a aceleração de hardware não está disponível.

criptografia é uma das melhores medidas de segurança para manter nossos dados móveis seguros em caso de perda ou roubo. O sistema operacional codifica os dados para que o usuário que conhece a chave possa lê-la, mas esse processo tem um custo de desempenho.


Android ofrece el estándar de cifrado avanzado (AES) para asegurar nuestros datos de personas ajenas, pero no todos los dispositivos hacen uso de esta medida de seguridad por potencia. La mayoría de los nuevos dispositivos tienen soporte por hardware para el cifrado AES a través de las extensiones de criptografía de ARMv8, pero hay dispositivos de gama baja como Android One con procesador ARMv7 o relojes Wear OS o televisores con Android TV que no cuentan con ese soporte por hardware, con lo que se quedan sin cifrado.

O Android oferece o padrão de criptografia avançada (chamado de AES) para assegurar que nossos dados pessoais não sejam vistos por terceiros. No entanto, nem todos os dispositivos fazem uso desta medida de segurança por causa da limitação de harware.

A maioria deles, no entanto já tem suporte ao AES por meio de extensões de criptografia do ARMv8, mas há dispositivos de entrada com o Android One e o Android Go (além de smartwatches com o Wear OS e televisores com Android) que não contam com esse suporte em seu hardware, logo, eles ficariam sem a proteção da criptografia. 

Mas agora o Google promete resolver esse problema. 

Nasce a encriptação Adiantum

Para melhorar a segurança de todos os dispositivos Android, o Google lançou uma criptografia destinada a dispositivos de baixo custo, que não possuem criptografia AES no hardware. Esta nova criptografia foi batizada com o nome de Adiantum.

Achou o nome estranho? Nós também. E o Google explica que este nome vem de um tipo de samambaia que, na linguagem vitoriana das flores (floriografia), representa a sinceridade e discrição. Não achamos que ajudou muito, mas, enfim, essa é a definição de Adiantum.

Reprodução

 

 

O Adiantum é baseado na criptografia ChaCha20, que é muito mais rápida que a criptografia AES quando a aceleração de hardware não está disponível. Em um processador ARMv7, ele é quase cinco vezes mais rápido que a AES-256, por exemplo.

A nova criptografia Adiantum só estará disponível nos dispositivos cuja criptografia AES for maior que 50 MB/s. E os fabricantes agora podem adicionar essa criptografia em seus dispositivos com o Android 9 Pie. E o Google informou que ela será obrigatória a partir do Android Q.


Segurança Google criptografia cibersegurança cybersegurança
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você