China prepara lançamento de satélite quântico à prova de hackers

O primeiro passo na próxima grande corrida espacial pode ser dado pela China. O governo chinês anunciou esta semana que está nas fases finais de preparação do QUESS, um satélite que usa criptografia quântica para tornar suas comunicações à prova de hackers.

Na medida em que países espionam uns aos outros com uma frequência cada vez maior, construir um método de comunicação ultrassecreto se tornou uma obsessão de agências de segurança internacionais. Graças a um novo método de criptografia quântica, o QUESS é capaz de esconder seus sinais antes que um hacker possa alcançá-los.

O que esse sistema faz, a grosso modo, é embaralhar a comunicação entre dois pontos assim que um terceiro ponto (o suposto hacker) tenta entrar na conversa. Para isso, o espião precisaria de uma chave de acesso, que hoje pode ser localizada a partir de programas usados por hackers. Um sistema de segurança quântico, porém, é rápido demais para qualquer programa conseguir localizar a chave em tempo.

Se tudo ocorrer de acordo com os planos da agência espacial chinesa, o satélite será o primeiro a entrar em órbita com tecnologia baseada em conceitos de computação quântica. A ideia é que o QUESS possa ser usado não só para comunicação, mas também para pesquisas em astronomia e astrofísica.

É importante destacar que nada é 100% inviolável quando se trata de tecnologia. A criptografia quântica não é totalmente à prova de hackers, mas, hoje em dia, só pode ser desafiada por outro computador quântico - o que espiões e cibercriminosos ainda não têm. Se o QUESS funcionar, é provável que EUA e Europa embarquem em uma nova corrida espacial, em buca de tecnologias ainda mais seguras para proteger suas próprias comunicações.

Via Business Insider





RECOMENDADO PARA VOCÊ