Windows 7

Falha de segurança do Chrome funcionava em conjunto com problema do Windows 7

Redação Olhar Digital 08/03/2019 10h45
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Google pede para que as pessoas atualizem o sistema operacional dos dispositivos para Windows 10 com urgência

Após revelar que a última atualização do Google Chrome veio para corrigir um erro de segurança crítico  no Chrome FileReader, que permitia que os arquivos do computador do usuário fossem acessados remotamente, agora, a Google confirmou que essa atualização corrigiu apenas parte do problema. Isso porque, segundo a empresa, o erro do Chrome estava funcionando em conjunto com um outro problema de segurança presente no Windows 7.


Os dois erros fazem parte de um ataque cibernético com objetivo de executar códigos maliciosos e, no pior dos casos, assumir o controle da máquina do usuário. A ameaça foi descoberta por Clement Lecigne, membro do Grupo de Análise de Ameaças do Google, na semana passada.

O Google ainda disse que a Microsoft está trabalhando em uma correção para o problema, porém, não há uma data prevista para ser corrigido. Lecigne afirmou que a falha só foi observada em sistemas 32 bits do Windows 7.

O pesquisador disse que o Google decidiu informar ao público sobre o problema, para que eles fiquem cientes dos ataques em andamento para que medidas sejam tomadas antes que a Microsoft lance uma atualização.

Via: Zdnet

Segurança Microsoft Google Windows Windows 7 google chrome
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você