Segurança

cibercrime, hacker

Hacker vazou dados sensíveis de mais de 100 milhões de americanos

Redação Olhar Digital 31/07/2019 08h48
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Uma invasão ao sistema de crédito do banco Capital One fez com que dados de créditos de mais de 100 milhões de americanos fossem vazados. A responsável é uma ex-funcionária da Amazon

Um hacker obteve dados de cartão de crédito de mais de 100 milhões de americanos em uma grande violação de informações que, na terça-feira (30), se tornou objeto de uma nova investigação em Nova York.


O banco americano Capital One divulgou que, em março, um hacker violou sua infraestrutura e acessou informações pessoais de seus clientes, incluindo 140 mil números de seguro social. Cerca de 80 mil números de contas bancárias de titulares de cartões de crédito do banco também foram expostas.

O banco, que manteve o vazamento em segredo durante 10 dias após a descoberta, disse que havia trabalhado em conjunto com o FBI para prender o hacker. Segundo o que foi apurado, a responsável pela invasão e obtenção dos dados é Paige A. Thompson, ex-funcionária da Amazon.

Paige conseguiu passar pelo firewall do banco e extraiu dados de clientes e pequenas empresas que solicitaram cartões de crédito entre 2005 e o início de 2019. As informações incluem – além dos números de serviço social e de contas bancárias – endereços, datas de nascimento, dados de renda, pontuações de crédito e históricos de pagamento.

Richard Fairbank, CEO do banco, comentou a questão: "Embora eu esteja grato pelo fato de o criminoso ter sido pego, lamento profundamente pelo que aconteceu. Peço sinceras desculpas pela compreensível preocupação que esse incidente deve estar causando às pessoas afetadas."

Por enquanto, o Capital One disse que planeja notificar todos os que foram afetados pela violação e estender os serviços gratuitos de monitoramento de crédito e proteção de identidade de seus clientes.

Nesse caso, o banco não tem como mensurar o uso que esses dados podem ter, mas especialistas recomendam que ambos, o banco e os clientes, mantenham-se vigilantes, considerem um congelamento de crédito ou bloqueio de cartões, além do monitoramento de qualquer atividade incomum nas contas afetadas.

Via: Vox/ The Wall Street Journal

Hackers Banco de Dados Bancos vazamento vazamento de dados roubo de dados
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você