Segurança

Jack Dorsey

Hackers que invadiram a conta do CEO do Twitter estão presos

Rafael Rigues 25/11/2019 10h29
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Prisões foram confirmadas por "Debug", lider do grupo hacker Chuckling Squad. Conta de Jack Dorsey foi usada para postar ameaças de bomba, mensagens racistas e material anti-semita.

Um dos hackers que invadiu a conta do CEO do Twitter, Jack Dorsey, na rede social foi preso há cerca de duas semanas. A informação foi confirmada ao site Motherboard por “Debug”, líder do grupo Chuckling Squad, ao qual o hacker pertencia.


A conta de Dorsey foi invadida em setembro deste ano usando uma técnica chamada SIM Swap. Essencialmente, os hackers convenceram a operadora a atribuir o número de telefone de Dorsey a um novo SIM Card que eles controlavam. Durante a invasão o grupo usou a conta do executivo, com mais de 4,3 milhões de seguidores, para postar ameaças de bomba, mensagens racistas e material anti-semita.

Segundo Debug, "Ele era um membro do Chuckling Squad, mas não mais. Ele era um membro ativo, fornecendo a nós números de celebridades / figuras públicas e nos ajudou a hackeá-los". De acordo com o hacker o grupo expulsou o membro, que não teve o nome divulgado por ser menor de idade, em outubro.

Ainda de acordo com Debug, outros dois hackers que participaram da invasão, conhecidos como Aqua e NuBLom, também estão presos.

Fonte: Motherboard

Hackers Twitter hack Invasão Jack Dorsey
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você