Hackers sequestram rede de hospital e pedem US$ 3,6 milhões de resgate

O Hollywood Presbyterian Medical Center, nos Estados Unidos, está sendo mantido "refém" há mais de uma semana. Um grupo de hackers está cobrando US$ 3,6 milhões para não desligar a rede do hospital.

O ataque compromete a capacidade do hospital e o serviço por ele prestado, já que o bloqueio torna impossível aos médicos acessar os registros dos pacientes e os resultados de exames laboratoriais. Com isso, os médicos e administradores do local se comunicam através de telefone e fax. Alguns pacientes tiveram que ser transferidos.

O sequestro, chamado ransomware, pode deter uma máquina ou uma rede completa, pedindo algum resgate em troca da liberação dos dispositivos. Ainda não se sabe se informações pessoais dos pacientes ou empregados foram comprometidas.

 Via TheNextWeb

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ