Meltdown Spectre falha CPU processadores

Intel escondeu existência de falhas Spectre e Meltdown das autoridades dos EUA

Redação Olhar Digital 23/02/2018 10h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A Intel escondeu das autoridades norte-americanas a existência das falhas Spectre e Meltdown que afetam processadores produzidos nas últimas duas décadas. Órgãos governamentais dos Estados Unidos só ficaram sabendo das vulnerabilidades no começo de janeiro, quando elas foram expostas publicamente.


De acordo com a Reuters, as autoridades dos Estados Unidos questionam a Intel por não ter avisado das falhas assim que ficou sabendo delas, já que elas poderiam representar ameaças à segurança nacional. A Intel, por sua vez, não teria relatado as vulnerabilidades porque elas não tinham sido exploradas por hackers.

Algumas parceiras da Intel, como as chinesas Lenovo e Alibaba, ficaram sabendo da existência das falhas antes delas serem publicamente expostas. A fabricante de processadores foi avisada da Spectre e Meltdown em junho do ano passado por meio de pesquisadores do Project Zero do Google.

A demora em alertar autoridades sobre as vulnerabilidades é mais um exemplo de como a Intel teve dificuldades em lidar com as falhas. A empresa enfrenta dezenas de processos relacionados a Meltdown e Spectre, e o CEO Brian Krzanich é acusado de vender ações da empresa sabendo da existência delas.

Além disso, a Intel soltou atualizações para processadores que causavam reinicializações inesperadas em computadores, até que a própria empresa recomendou a seus usuários que não instalassem os patches.

Segurança Intel Processadores
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você