Segurança

Apps para troca de mensagem

Mudança do iOS pode afetar aplicativos de troca de mensagens

Redação Olhar Digital 07/08/2019 09h34
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A atualização que a Apple planeja para o iOS 13 pode afetar o recurso de chamadas de voz em apps como o WhatsApp e o Facebook Messenger

A Apple está atacando o Facebook e outros aplicativos de mensagens fazendo uma pequena, mas significativa, mudança em seu sistema operacional móvel. A alteração restringirá um recurso que aplicativos como o Facebook Messenger e o WhatsApp usam para fazer chamadas de voz usando a internet.


No momento, o recurso de chamada nesses aplicativos é executado como um serviço em segundo plano mesmo quando eles não estão em uso, garantindo que os aplicativos possam conectar as chamadas mais rapidamente. Mas isso também pode possibilitar que realizem outras tarefas, como por exemplo, coleta de dados. Agora, a Apple está restringindo esse acesso em segundo plano para que ele possa ser usado apenas para chamadas pela internet.

A decisão da Apple forçará o Facebook a modificar seus aplicativos de mensagens. Em um comunicado, um porta-voz da empresa disse que o Faebook não estava coletando dados através do recurso de chamadas. "As mudanças nas próximas versões do iOS não são insignificantes, mas estamos conversando com a Apple sobre como melhorar isso", disse o porta-voz. "Para ser claro, estamos usando a API PushKit VoIP para fornecer uma boa experiência no envio de mensagens, não com a finalidade de coletar dados."

A mudança acontece quando a Apple e o Facebook estão envolvidos em uma disputa pelo envio de mensagens. O Facebook está adotando medidas para unificar seus serviços de troca de mensagens: a plataforma está considerando essa estratégia uma maneira de manter seus usuários leais e engajados. Caso a ideia do Facebook dê certo, ele pode se tornar uma ameaça para o iMessage da Apple, que funciona de forma semelhante ao WhatsApp.

A Apple vai implementar a mudança no lançamento do iOS 13, que acontece em setembro. Os desenvolvedores de aplicativos têm até abril de 2020 para aderir às novas especificações. Embora a mudança tenha sido anunciada durante a conferência mundial de desenvolvedores da empresa, ela recebeu pouca atenção do público.

Aplicativos em segundo plano

Reprodução

O debate sobre como os criadores de aplicativos usam o recurso de chamadas pela internet, que usa uma tecnologia chamada Voice over Internet Protocol, ou VoIP, vem acontecendo há anos. Essa tecnologia permite com que chamadas sejam feitas usando a internet sem a necessidade de uma linha telefônica.

Depois que o Facebook dividiu o sistema de mensagens em um aplicativo independente em 2014, a rede social tentou manter a tecnologia em seu aplicativo principal. Mas a Apple descobriu a prática e fez com que ele desistisse da ideia. Mesmo assim, o Messenger e o WhatsApp ainda utilizam o recurso.

Philip Shoemaker, ex-chefe da equipe de revisão de aplicativos da Apple, deu sua opinião sobre o assunto. "O que esses aplicativos fazem em segundo plano, seja aceitar ligações, ouvir as conversas dos usuários ou atualizar o conteúdo do aplicativo principal, fica pouco claro para a Apple."

Além de potencialmente coletar dados, o recurso também utiliza muitos recursos do sistema, reduzindo a vida útil da bateria. A questão de bateria já foi muito discutida em 2015, quando foi descoberto que o Facebook estava mantendo o recurso de chamadas de voz rodando em segundo plano.

Via: The Information

 

 

 

Segurança iPhone Aplicativos Smartphones Facebook privacidade Whatsapp facebook messenger smartphone iOS 13
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você