Pesquisadores descobrem brecha no protocolo que mantém o Wi-Fi seguro

Um grupo de pesquisadores pretende revelar hoje informações prévias sobre uma vulnerabilidade presente no WPA2, protocolo de criptografia que protege a comunicação entre roteadores e dispositivos conectados a eles via Wi-Fi.

Foi desenvolvida uma prova de conceito que mostra como é possível que uma pessoa próxima ao roteador espie facilmente o tráfego entre computadores e pontos de acesso, o que significa que dá para ver qualquer coisa que trafegue em sites sem HTTPS — incluindo suas senhas.

Como destaca o Ars Technica, a maior parte dos dispositivos que usam WPA2 não deve ser consertada rapidamente, ainda mais se levado em conta que existe uma infinidade de "coisas conectadas" no mercado atualmente — como câmeras domésticas e sistemas de alarme, por exemplo.

A medida mais drástica de proteção neste momento seria simplesmente evitar usar qualquer conexão por Wi-Fi, mas também dá para se manter seguro acessando apenas sites com HTTPS e usando uma VPN de confiança.

Mais informações sobre a situação serão divulgadas às 13h desta segunda-feira, 16, provavelmente por meio do site krackattacks.com.

Celular, fone de ouvido, notebook. A BlackFriday está recheada de ofertas, mas nem todas são vantajosas. Com a nova extensão do Olhar Digital, você encontra o menor preço e também cupons de descontos. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ