Segurança

Câmeras de Segurança

Trabalhadores da China passam a ser monitorados por relógio com GPS

Luiz Nogueira, editado por Rui Maciel 08/04/2019 15h07
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O objetivo do governo chinês é o de verificar se os trabalhadores estão cumprindo o trabalho para o qual foram designados e se eles estão deixando de trabalhar por muito tempo

A China tem uma reputação (verdadeira) de constantemente monitorar seus cidadãos. E o governo de lá também é famoso por sempre procurar novos métodos para fazer isso. Agora, os profissionais de saneamento do país passaram a ser obrigados a andar com uma espécie de relógio com um GPS integrado.


No dia 3 de abril, surgiram notícias de que os trabalhadores de Nanjing, distrito da China, seriam obrigados a usar um relógio que não só monitora sua localização o tempo todo, como também chama a sua atenção por meio de uma mensagem de áudio, caso eles parem de se mover por mais de 20 minutos.

Um dia depois dessas notícia, foi relatado que, devido À pressão pública, a empresa de saneamento local decidiu recuar. Mas só um pouco. Agora, os braceletes não vão mais dizer “por favor, continuem trabalhando” se um operário decidir parar um pouco, mas ele ainda vai continuar a rastrear todos os passos do funcionário da mesma forma.

Esses relógios podem rastrear e armazenar informações como a que horas o trabalhador chega, se deixam o local de trabalho designado e se deixam de produzir. Se os funcionários não se mexerem após o alarme disparar, os líderes de equipe podem procurar sua localização via GPS e sair ao seu encontro para ver o que está acontecendo.

VIA: The Verge

Segurança Câmeras China
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você