Vírus avançado para Android é capaz de causar danos físicos ao smartphone

Um novo malware para Android descoberto pela empresa russa de segurança Kaspersky é tão potente que pode causar danos físicos ao smartphone. Chamado Loapi, o vírus é capaz de fazer várias tarefas diferentes ao mesmo tempo.

De acordo com a Kaspersky, o Loapi se disfarça de anti-vírus ou aplicativo pornográfico para enganar a vítima. Quando instalado, ele consegue fazer várias atividades nefastas, como minerar criptomoedas sem consentimento do usuário, redirecionar tráfego da web e até mesmo dar início a ataques de negação de serviço (DDoS).

"O Loapi é um representante interessante do mundo dos apps maliciosos de Android. Seus criadores implementaram quase todo o espectro de técnicas para atacar dispositivos: o Trojan consegue assinar serviços pagos, envia mensagens SMS para qualquer número, gera tráfego e ganha dinheiro com a exibição de anúncios, usa o poder computacional de um dispositivo para minerar criptomoedas, assim como realiza uma série de ações na internet em nome do usuário/dispositivo," explicam os pesquisadores.

Como o malware consegue realizar várias dessas tarefas simultaneamente, ele exige demais da bateria do smartphone. Segundo os pesquisadores, em apenas dois dias o Loapi é capaz de fazer a bateria inchar e até deformar a traseira do celular da vítima.

O Loapi também é difícil de ser removido: o malware constantemente mexe nas permissões do dispositivo, além de desativar a tela e fechar janelas quando o usuário tenta alterar manualmente as permissões do aparelho.

Até agora, o Loapi não foi encontrado em nenhum aplicativo presente na Google Play Store, apenas em lojas de aplicativo alternativas.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ