Donald Trump

Donald Trump diz que videogames violentos 'estão fazendo a cabeça dos jovens'

Lucas Carvalho 22/02/2018 18h05
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nesta quinta-feira, 22, durante um encontro com autoridades e com a imprensa na Casa Branca para discutir a violência nas escolas norte-americanas, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, relacionou o fenômeno com videogames.


O encontro foi marcado para discutir as consequências e as causas dos frequentes massacres em escolas dos EUA. Recentemente, um jovem de 19 anos entrou num colégio da Flórida com um rifle comprado legalmente, matou 17 pessoas e feriu outras antes de ser preso.

A CNN, que participou do encontro com Trump, gravou o momento em que o presidente dos EUA diz que videogames e filmes têm parte da responsabolidade por casos de violência entre jovens nos EUA.

"Nós precisamos fazer alguma coisa quanto ao que eles (jovens) estão vendo e como eles estão vendo. E também os videogames", disse Trump. "Quer dizer, mais e mais pessoas dizem isso, o nível da violência nos videogames está fazendo a cabeça dos jovens. E você dá mais um passo, e são os filmes. Você vê esses filmes, e eles são tão violentos."

Como lembra o Kotaku, esta não é a primeira vez que Trump relaciona jogos violentos a massacres. Em 2012, após o tiroteio no colégio Sandy Hook, em Connecticut, o então empresário disse que a violência nos videogames e a "glorificação" destes jogos "estão criando monstros".

Trump também não é o primeiro político norte-americano a associar a violência em jogos eletrônicos à violência em escolas do mundo real. Após o massacre na Flórida, o governador do estado de Kentucky disse que games estariam "tirando a sensibilidade das pessoas para o valor da vida humana".

Games
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você