Museu do Videogame Itinerante representa o Brasil em Paris

O Museu do Videogame Itinerante, primeiro museu do gênero no Brasil, foi um dos 10 selecionados para representar o Brasil na Museum Connections, feira internacional que reúne profissionais ligados à museologia de todo o mundo, que acontece nesta semana em Paris, na França.

O Museu do Videogame tem cerca de 270 consoles de todas as gerações que contam 43 anos de evolução. Entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil); o TV-Game 6 (primeiro console fabricado pela Nintendo), de 1976, o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985), entre outros.

Além de conhecer os consoles e jogos raros, os visitantes podem jogar em alguns videogames históricos. O espaço traz ainda alguns modelos da nova geração de consoles, como o PS4, o Xbox One e o Wii U.
O museu começou em 2011, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a partir da coleção de videogames de Cleidson Lima, curador do espaço. Em 2014, o museu ganhou o prêmio do Ministério da Cultura de mais criativo do Brasil. A partir de 2015, o museu se tornou itinerante e já visitou 9 cidades brasileiras, atraindo mais de 3,5 milhões de visitantes.

Quem quiser mais informações sobre o Museu do Videogame Itinerante pode acessar www.museudovideogame.org.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ